Pais são indiciados pela polícia depois de criança morrer por infestação grave de piolhos

A menina de 12 anos, Kaitlyn, sofreu uma parada cardíaca devido a infestação que não era tratada há cerca de três anos

Resumo da Notícia

  • Kaitlyn, americana de 12 anos, teve uma parada cardíaca e faleceu
  • O problema teria acontecido por conta de uma grave infestação de piolhos que já durava há três anos
  • Os pais foram acusados por homicídio e crueldade
  • A polícia afirma que a casa em que a menina vivia tinha ratos e vermes pelo chão

O caso do falecimento de uma menina nos Estados Unidos chocou a internet. Kaitlyn Yozviak, de 12 anos, morreu no dia 26 de agosto. Ela sofreu uma parada cardíaca, que só aconteceu devido a uma infestação de piolhos. A história ficou ainda mais impactante com as informações reveladas pela polícia.

-Publicidade-

A criança teria tido um grave quadro de anemia por conta da infestação, que não era tratada há três anos. Acredita-se que as mordidas repetidas dos piolhos acabaram diminuindo o nível de ferro no sangue dela, o que levou a anemia e terminou desencadeando a parada cardíaca.

John Joseph Yozviak e a esposa, Mary Kathrine, estão sendo acusados de homicídio doloso e crueldade contra menor de idade. A própria mãe afirmou, em depoimento policial, que a filha não tomava banho há mais de uma semana quando acabou falecendo.

-Publicidade-
Polícia tentou socorrer menina que faleceu por conta de infestação de piolhos (Foto: Unsplash)

Nesta quinta-feira (1), policiais locais divulgaram ao público mais detalhes sobre o caso. Kaitlyn vivia numa casa com o pai e a mãe em Ivey, no estado da Geórgia. Ao chegarem para socorrer a menina, os profissionais se depararam com uma situação absurda.

Segundo eles, a casa da família estava completamente suja, cheia de ratos e vermes espalhados pelo chão e até no colchão da criança. Os pais já haviam perdido a guarda de outros dois filhos por conta da situação indevida de higiene em que viviam.

O agente Ryan Hilton, um dos responsáveis pela investigação, disse que na hora do falecimento, Kaitlyn tinha “a mais severa infestação” que o departamento já havia visto.

-Publicidade-