Príncipe William e Kate Middleton recusam encontro com Harry para evitar novos vazamentos

Os irmãos não estiveram mais juntos após o funeral do avô, Príncipe Philip, e de acordo com fontes da realeza, isso ocorreu pois a família não quer correr risco de mais informações na imprensa

Resumo da Notícia

  • O Príncipe William e Harry não se encontraram mais após o funeral do avô
  • A justificativa para a atitude seria evitar o vazamento de novas informações sobre a família real
  • O medo surgiu após a entrevista de Harry e Meghan Markle para a Oprah Winfrey

Depois da entrevista de Harry e Meghan Markle para a Oprah Winfrey, a família real ficou mais exposta. O casal contou algumas situações que enfrentou e afirmou que não obteve ajuda quando pediram.

-Publicidade-
Príncipe William e Kate Middleton não estiveram juntos de Harry após o funeral de Príncipe Philip (Foto: Getty Images)

Por isso, de acordo com o que o jornalista e biógrafo real Robert Lacey informou ao Daily Star, neste momento, o Príncipe William e Kate Middleton não aceitaram se encontrar com Harry depois do funeral do Príncipe Philip.

A justificativa para a atitude seria um receio de que novas informações e conversas fossem vazadas para a imprensa. Segundo Robert, fontes de dentro da realeza teriam confirmado isso. “Eles contaram a amigos que não viam nenhum sentido em falar com o Harry uma vez que qualquer discussão poderia chegar na Meghan e ser vazada via Oprah [Winfrey] ou qualquer outra pessoa da rede de contatos deles”, explicou o jornalista ao jornal Daily Star.

Além disso, Robert contou que o encontro entre os irmãos ficou restrito ao funeral do avô e não houve nenhuma conversa com Príncipe Charles sobre as revelações de Harry e da esposa sobre a família real.

Porém, segundo outras fontes contaram ao Daily Mirror que Kate poderia estar planejando o encontro e reconexão de Harry e William no começo de julho, quando seria inaugurada uma estátua para homenagear a mãe deles, Princesa Diana.

“Não há dúvidas que haverá tensões entre eles, mas todos também reconhecem que, apesar dessas questões profundas, essa reunião diz respeito apenas ao legado da Princesa de Gales [Diana]”, justificou o contato.