Pais&Filhos no Insta

Descubra a forma certa de usar gengibre para acalmar o estômago do seu filho

É sempre bom evitar o açúcar

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

É sempre bom evitar o açúcar (Foto: Getty Images)

De todos os mitos nutricionais, beber refrigerante – principalmente o de gengibre – para acalmar a dor de estômago é um dos mais difundidos. Mas uma pesquisa finalmente definiu os diagnósticos: o refrigerante de gengibre não diminui o enjoo e nem ajuda em outros sintomas de dor de estômago. O que melhora é o gengibre. E gengibre e refrigerante de gengibre são coisas completamente diferentes.

Beber muito refrigerante de gengibre quando você está com indigestão ou enjoo pode piorar sua situação. “Eu acho que esse mito vem do nome da bebida”, diz Gina Sam, gastroenterologista de Nova York. “As pessoas acham que se tem gengibre no nome, provavelmente pode ajudar com o estômago”.

A pesquisa mostrou que gengibre não adulterado é associado a benefícios anti-inflamatórios, que podem ajudar com o enjoo. A indústria da saúde também tem usado o gengibre como uma solução para ajudar com problemas de digestão.

Porém, o refrigerante de gengibre disponível nas farmácias e supermercados não é não-adulterado: é um refrigerante gaseificado com sabor de gengibre e carregado de açúcar.

Em 2018, uma loja de Nova York entrou com uma ação contra a empresa canadense Dry e a matriz Keurig Dr. Pepper Inc., por não usar o gengibre como anunciado. O refrigerante Canada Dry usa frases como “feito com gengibre puro” em seus rótulos, mas com uma análise mais detalhada da lista dos ingredientes, foi descoberto que eles não cumprem o que prometem. O refrigerante é feito com água gaseificada, açúcar, glicose-frutose, ácido cítrico, benzoato de sódio, corantes e “sabores naturais”. Mas o gengibre não é citado em momento algum.

Os fabricantes resolveram o processo e removeram a linguagem que sugere que o refrigerante contenha gengibre verdadeiro. A Canada Dry está oferecendo restituições para as pessoas que compraram a bebida entre 2013 e agora. Aqueles que têm um recibo comprovando a compra, poderão receber um reembolso de até 40 dólares. Porém, mesmo sem recibo, os compradores podem receber um reembolso máximo de 5 dólares.

“Eu não acho que o público percebe o quanto de açúcar e quanto de gengibre tem nessas bebidas”, diz o Dr. Sam Delish. “Uma única lata de refrigerante de gengibre da marca comercial pode ter 35 gramas de açúcar adicionado e contém sabores sintéticos que não são tão benéficos quanto qualquer outra forma de adição de gengibre”.

“Nós pedimos para evitar o açúcar quando existe uma dor de estômago porque o açúcar alimenta as bactérias ruins em seu trato gastrointestinal, causando mais inchaço, gases e indigestão”, diz Sam. Isso também vale para os adoçantes artificiais, o que significa que a dieta ou os refrigerantes de gengibre também podem causar gases e inchaço quando você já está passando mal.

Mesmo com produtos orgânicos e cervejas naturais de gengibre, você ainda terá que ter muito cuidado para evitar o açúcar. Isso porque mesmo em pouca quantidade ele pode afetar negativamente o trato intestinal e os bons níveis de bactérias intestinais quando você está doente.

A maneira mais fácil de aproveitar com segurança os benefícios do gengibre cru, segundo o Dr. Sam, é descascar a raiz do gengibre fresco e misturá-lo com um pouco de chá descafeinado ou água quente. Você vai desfrutar do impulso anti-inflamatório associado com o gengibre, sem açúcar extra e problemas gastrointestinais.

Mas caso você não consiga encarar a raiz de gengibre, muitos varejistas vendem chá de gengibre pré-embalado que pode ser mergulhado em água quente para o mesmo efeito. Fica a dica!

Leia também:

Dia 18: Fazer biscoito de gengibre

7 alimentos que espantam a tristeza e o mau-humor para fazer seu dia mais feliz

Cúrcuma: a raiz anti-inflamatória que ajuda o metabolismo do seu filho