8 sinais de que seu bebê está se desenvolvendo de forma saudável

O desafio com o filho começa quando saímos da maternidade e partimos para casa. É normal não se sentir 100% segura com esse momento. Lembre-se do nosso mantra: tudo vai dar certo!

Resumo da Notícia

  • Entenda os sinais de desenvolvimento do recém-nascido
  • Apesar de cada criança crescer de uma forma, é possível identificar
  • O recém-nascido vai te mostrar tudo aquilo que está aprendendo
Como você pode entender o desenvolvimento do recém-nascido (Foto: Getty Images)

Mesmo que você não seja uma expert em recém-nascidos, bastam algumas semanas com seu pequeno para começar a perceber as diferenças entre choro de fome e de sono, saber como ele prefere ser balançado ou colocado para arrotar e, claro, para ficar mais confiante em relação às suas habilidades como mãe. Mas não tem jeito. Tudo isso acaba sempre acompanhado por pequenas paranóias. “Meu bebê está comendo o suficiente? Tanto choro é normal?” É aí que você pode cair numa espiral de preocupação e começar a perguntar aos amigos se o seu bebê parece saudável. E embora eles digam que sim, certamente você vai continuar preocupada, vai fazer pesquisas na internet e acabar lendo várias frases vagas, mas reconfortantes. A questão é: como saber se o seu  filho está feliz e se desenvolvendo normalmente? Pensando nisso – e tentando te tranquilizar um pouco – nós  fizemos uma lista de indicadores que te ajudam a perceber se sua criança está bem.

-Publicidade-

1. O seu toque e som de voz são milagrosos para acalmar seu filho. O que prova que ele está se desenvolvendo emocionalmente.

Recém-nascidos choram. Infelizmente, apenas falar com o seu bebê não vai fazer com que ele pare de chorar, porém, sua voz pode acalmá-lo. “Seu bebê estava acostumado a um ambiente fechado, e sua voz era grande parte do que ele tinha”, diz a pediatra dra. Jennifer Shu, coautora de Heading Home With Your New Newborn (Indo para casa com seu novo recém-nascido). “Ouvir a sua voz e sentir o calor do seu corpo é uma forma de imitar o tempo dentro da barriga”, explica. Além disso, quando o bebê é acalmado com a sua presença, mostra que reage emocionalmente.

2. A criança passa a chorar menos e a dormir com mais regularidade. O que prova que o seu sistema nervoso está amadurecendo

Então é isso: ele deixou de ser um recém-nascido. Você vai observar o surgimento de vários cochilos ao longo do dia e o aumento de quatro ou mais horas entre uma mamada e outra durante a noite. Alguns bebês chegam nessa fase rapidamente, enquanto outros não tiram sonecas tão longas até os 4 meses ou mais. Mas não precisa se preocupar. Se o seu bebê já é mais velho que isso e ainda come e dorme de forma imprevisível, tente fazer com que seus dias sejam mais rigidamente programados. Então, depois de tudo isso, logo chegará a sua vez de encontrar uma mãe com recém-nascido e assegurar a ela: “seu bebê está ótimo!”

-Publicidade-

3.Ele começa a sustentar o peso do próprio corpo. O que prova que seus pequenos músculos estão ficando mais fortes a cada dia

Grande parte dos bebês já sustenta a cabeça com 1 mês de vida e, aos 3 meses, eles já fazem isso com mais habilidade. Passar um tempo com a barriga para baixo ajuda a acelerar o desenvolvimento de diferentes músculos, incluindo aqueles que permitem que ele role ou sente sem ajuda. “Bebês que não ficam esse tempo com a barriga para baixo diariamente tendem a rolar, sentar, engatinhar mais tarde que o normal”, diz dra. Shu.

4.Seu bebê faz contato visual, sorri para ter atenção, dá risadinhas e faz charme com as pessoas. O que prova que ele está se tornando uma criança sociável e feliz

“Quando meu lho Zachary estava com 2 meses, eu ansiava por qualquer tipo de interação que ele pudesse ter”, diz Sally Lee, de Nova York, EUA. “Eu não podia imaginar que um dia ele estaria sentado realmente falando comigo.” Entre 2 e 4 meses de vida, os bebês começam a ficar mais conscientes do que acontece a seu redor e, em algum momento, passam a entender que as pessoas interagem mais quando eles estão envolvidos. Já por volta dos 5 meses, sorrir de volta sempre que sorriem para ele, é quase um reflexo. Observar os comportamentos sociais também é importante para perceber os indicadores de desenvolvimento da linguagem. “Bebês usam a linguagem corporal muito antes de poderem falar”, diz a dra. Shu. “Esses são precursores da comunicação com palavras.” Então, saiba que, quando a sua criança começa a balbuciar, ela está testando as cordas vocais e, provavelmente, deve começar a falar em pouco tempo.

5. Um olho lá e outro cá: ele passa a observar tudo! O que prova que a visão está ficando mais nítida

Seu bebê nasce com a visão pouco desenvolvida e pode ver nitidamente à distância de 20cm a 30cm. É por volta dos dois meses que ele começa a observar estampas, cores brilhantes e objetos que giram. Porém, ele ainda não enxerga todas as cores perfeitamente e não tem percepção de profundidade, por isso, cores contrastantes tendem a ser muito mais atrativas.

6. Você troca de 8 a 10 fraldas por dia e seu bebê engorda a cada pesagem. O que prova que ele está sendo amamentado o suficiente e que está crescendo de forma saudável, mesmo que a quantidade de mamadas varie

“Meu bebê nasceu 5 semanas antes da data que deveria e pesava pouco mais de 2 quilos”, diz Sara Porth, de Massachusetts, EUA. “Eu estava sempre preocupada com isso e não relaxei em relação à sua alimentação até que passou a engordar de forma mais significante dez dias após o nascimento”, ela conta. É importante levar o bebê a todas as consultas pediátricas para que o médico avalie se ele está crescendo de forma saudável, mas, entre as idas ao pediatra, uma boa forma de avaliar isso é observar a quantidade de fraldas trocadas. Confiar nesses indicadores é melhor do que observar quanto leite ele mama, já que isso pode variar de um dia para outro ou até mesmo de uma mamada para outra. “Há surtos de crescimento e há períodos de lentidão”, explica a dra. Shu. O importante, claro, é que o peso sempre aumente.

7. A criança fica ligadona a diferentes sons e se acalma quando toca música. O que prova que sua audição continua se desenvolvendo e que ela está usando o cérebro para discernir sons

Bebês são capazes de ouvir desde o nascimento, mas são necessárias algumas semanas até que eles se tornem capazes de filtrar tudo que escutam fora do útero. Ao longo do tempo, alguns sons começam a ficar mais interessantes que outros (o barulho do ar condicionado não é tão atrativo quanto a risada da irmã mais velha, por exemplo). E não importa de onde elas vêm, são as músicas que mais vão chamar a atenção da sua criança. Quando você perceber que o bebê reage olhando para o objeto de onde vem um som, saiba que seus ouvidos estão saudáveis e que ele é curioso em relação ao que escuta.

8. Em alguns momentos o bebê fica quieto e atento em alguns períodos do dia, mesmo que rápido. O que prova que ele está observando o mundo e começando a aprender.

As primeiras semanas vão ficar marcadas por mamar (mais ou menos a cada duas horas) e dormir (por volta de 16 horas por dia, mas apenas poucas horas de uma vez). No meio desse mama-e-dorme, tem os choros e, em geral, muito pouco além disso. “Crianças começam a passar mais tempo acordadas por volta de 1 mês de vida”, diz a dra. Shu. Conforme o bebê ganha controle dos músculos dos olhos e consegue focar em um alvo, fica mais atento ao que acontece. Perceba que enquanto ele fica alerta, está prestando atenção em tudo a seu redor e processando todo tipo de informação nova.

-Publicidade-