Bebês

Bebê arrancado do útero da mãe abre os olhos pela primeira vez e traz novas esperanças

Yadiel teria sido diagnosticado sem atividade cerebral

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Yadiel já está com o pai (Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal)

Depois de ter sido retirado a força da barriga da mãe de forma bem agressiva, Yadiel, foi diagnosticado com muitas sequelas. Os médicos até disseram que ele não possuía atividade cerebral  e contra tudo e contra todos o menino, de apenas três semanas, abriu os olhos.

A mãe de Yadiel foi assassinada por uma mulher que queria roubar a criança, ela marcou um encontro com Marlen Ochoa-Lopéz e disse que tinha algumas coisas para doar. Quando Marlen chegou ao local combinado, foi sufocada e a criança foi arrancada do útero da mãe morta.

O menino está sendo muito forte, ele e o pai Yovany Lopéz, já se reencontram e estão recebendo ajuda de uma ONG. Agora, mais uma alegria nessa triste história foi anunciada por Celia Garcia, uma das responsáveis pela organização. Ela disse em entrevista ao canal americano, CNN, como foi o momento.

“Nós estávamos rezando e ele abriu os olhos. O pai dele disse: ‘Meu Deus, ele abriu os olhos!’. Esta é uma família tão amorosa e humilde, é muito triste e errado o que aconteceu com eles”. O caso aconteceu em Nova York, Estados Unidos. O fato dele ter aberto os olhos está dando a família, novas esperanças.

Yadiel nasceu no dia 23 de abril. Quando Clarissa matou Marlen, ela ligou para uma ambulância e disse que o menino tinha nascido em casa. Ele ficou internado ao lado de Clarissa por três semanas, até que uma denúncia anônima à polícia resolveu todo o caso. Então no domingo 19 de maio, pai e filho se viram pela primeira vez.

Yadiel abriu os olhos (Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal)

Leia também: 

Filho de homem trans pode ser o primeiro bebê sem ter mãe na certidão na Inglaterra 

Que história! Filha se torna orfã e assume responsabilidade imensa 

Você sabia que 8 jogadores da seleção cresceram sem a presença do pai?