De arrepiar! Vídeo mostra bebê com deficiência auditiva ouvindo os pais pela primeira vez

Saul foi considerado surdo logo após nascer. Depois de alguns testes, a família descobriu que a audição dele poderia ser recuperada com ajuda do dispositivo

Resumo da Notícia

  • Vídeo mostra bebê com deficiência auditiva ouvindo os pais pela primeira vez
  • O garoto foi considerado surdo ao nascer
  • Depois de alguns testes, os pais descobriram que um aparelho poderia ajudá-lo
  • Veja o vídeo do garoto ouvindo os pais pela primeira vez

Um vídeo muito emocionante que está circulando as redes sociais recentemente mostra o bebê Saul, de 11 meses, ouvindo a voz dos pais pela primeira vez. Nas imagens, o garoto, que nasceu com problemas na audição, pode ser visto sorrindo para os pais, Tiffany Wroe e John, enquanto eles falavam suavemente com ele após o ajuste dos novos aparelhos auditivos.

-Publicidade-
De arrepiar! Vídeo mostra bebê com deficiência auditiva ouvindo os pais pela primeira vez (Foto: reprodução Youtube)

O bebê ficou tão impressionado com o som das vozes dos pais que quase caiu no choro, antes da mãe o tranquilizar. “Muito, muito, muito emocionante”, escreveu Tiffany ao publicar o vídeo. O casal, que também são pais de Khaleesi, 5 anos e Kendall, 4 anos, contaram em entrevista ao Daily Record que Saul já nasceu com as deficiências auditivas.

“Quando Saul nasceu, ele falhou em sua triagem auditiva neonatal, então ele fez um acompanhamento médico, que não teve resultado. Em seguida, ele fez um terceiro teste de audição e também falhou. Os médicos nos disseram que ele tinha perda auditiva profunda, mas não tínhamos certeza porque sabíamos que ele teria sido mais responsivo do que seria se fosse profundamente [totalmente] surdo, então fizemos algumas pesquisas nós mesmos”, contou.

-Publicidade-

Especialistas da Universidade de Manchester aconselharam o casal a fazer uma série de testes para ver como Saul reagiria. Ele descobriram, então, que ele conseguia ouvir ruídos acima de 60 decibéis, enquanto aqueles que não têm deficiência auditiva podem ouvir por volta de 20 decibéis.

Os médicos, então, disseram a Tiffany e John que Saul precisaria de aparelhos auditivos, mas como os dois não podiam trabalhar por causa das restrições do coronavírus, a família interveio para ajudar Saul a conseguir os aparelhos. “Graças à ajuda dos pais de John, Saul conseguiu os melhores aparelhos auditivos disponíveis e nós somos muito gratos. Ver o rosto dele quando nos ouviu falar pela primeira vez foi incrível“, agradeceu.

Veja o momento emocionante abaixo:

-Publicidade-