Bebês

Thaeme Mariôto faz desabafo sobre estado de saúde da filha de 2 meses

Liz está tendo reações às vacinas que tomou

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Thaeme é casada com Fábio Elias, pais da Liz. (Foto: Reprodução / Instagram @thaeme)

Thaeme Mariôto fez um desabafo sobre como está a saúde de Liz, filha de dois meses da cantora com Fábio Elias. Com certeza você já passou pela situação de desespero de ver seu bebê doente e não poder faze nada para mudar o quadro, além de dar remédio e esperar. A cantora revelou que a menina está com febre por reação a vacina que precisou tomar há alguns dias.

Depois da vacina, a pedriatra de Liz aconselhou Thaeme a dar remédio Tylenol para poder dar uma minimizada nos efeitos da dose tomada por Liz.  “Depois de uma hora que ela tomou a vacina eu optei por dar paracetamol para prevenir, aí seis horas depois, passou o efeito do remédio, deu febre! Aí eu dei de novo o tylenol para ela, uma gotinha por quilo”, explicou a cantora sertaneja. Apesar dos medicamentos, a febre não deu trégua e, claro, como mãe coruja que é, Thaeme ficou sentida ao ver a filha naquele estado. “Tadinha, tá com febre ainda! Estou tendo que alternar entre tylenol e novalgina”.

Thaeme é mãe de Liz de dois 2 meses (Foto: Instagram @thaeme)

Além disso, Thaeme criou uma técnica para poder diminuir a dor da filha na hora de tomar vacina e compartilhou com os seguidores para ajudar outras mães. “Dia de tomar as vacinas de 2 meses! Um misto de sentimentos! Alívio porque ela está começando a ficar protegida contra várias doenças, e dó de ver o baby levando as agulhadas! Quem se identifica?! Ps. Na Segunda agulhada já coloquei ela no peito na mesma hora e ela parou de chorar rapidinho! Acho que chorei mais que ela!”, contou!

Febre não precisa ser motivo para esquentar a cabeça!

A temperatura do filho sobe e muitos pais começam a se descabelar. Objeto de dúvidas, mitos e medos, a febre deve ser encarada de forma racional. Em muitas casos, é apenas o chamado “estado febril”, em outros é um importante sinal de alguma doença – mas, em ambos os casos, há medidas que podem ser tomadas para ajudar a criança a se sentir melhor.

  • O que é febre?

A febre é uma resposta do organismo a alguma alteração, na maioria das vezes decorrente de uma infecção, por isso é uma forma de o corpo se defender e, portanto, tem um lado positivo, mesmo sendo sinal de alerta. Há muitos mitos cercando a febre que, na maioria das vezes, causam medo em mães. Mas, de acordo com especialistas, não é preciso desespero, uma vez que um dos poucos efeitos ruins são as tão faladas convulsões febris – que acontecem nas crianças predispostas a tê-las.

  • Quando meu filho está com febre? 

A febre tem diferentes significados de acordo com o grau. Temperaturas abaixo de 38 graus são consideradas febres baixas, e não é preciso se preocupar, só ficar de olho! A febre é alta a partir de 39 graus. Nesse estado, a temperatura pode significar um importante sinal de doença, por isso sempre é preciso consultar o pediatra.

  • É mito!

Existem vários mitos envolvendo a febre, entre eles, estão os banhos gelados, compressas de gelo ou água fria, e o contato de álcool na pele. Esses métodos não funcionam e não devem ser levados em consideração. Também é importante não obrigar a criança a se alimentar em uma crise de febre: quando elas estão assim, é normal que perca o apetite e, caso seja obrigada a comer, pode vomitar e aí a situação pode piorar.  O mais importante neste momento é dar água para beber em pouca quantidade e grande frequência, já que ela pode perder muita água pela transpiração. Além disso, você também pode oferecer sucos de frutas e leite.

Leia também: 

Thaeme descobre problema causado pela gestação: “Estava morrendo de medo”

Thaeme compartilha fotos de ensaio fotográfico da gravidez e emociona seguidores

Thaeme mostra detalhes do seu ensaio de gravidez em vídeo