Criança

Como acabar com a birra do bebê de 1 ano

Esse comportamento pode durar mais tempo do que você imagina

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: iStock)

A birra pode durar mais tempo do que você imagina (Foto: iStock)

O primeiro ano de vida de um bebê traz muitos desafios, lições e descobertas, principalmente para uma mãe de primeira viagem. Mas a maternidade é como um jogo de videogame: quando você consegue passar por uma fase já tem a próxima te esperando.

Com aproximadamente 1 ano de idade, seu filho pode começar a ter crises de birra. Mas calma, está tudo bem! Isso é normal e acontece porque é a partir desse período que ele começa a tentar se comunicar e percebe que tem suas próprias vontades. “Faz parte do desenvolvimento e experimentação, mas ele ainda está aprimorando a fala, então não consegue se comunicar de forma clara. Por isso usa esses mecanismos explosivos”, explica Luciana Brites, psicopedagoga, uma das fundadores do Instituto NeuroSaber e mãe de Helô, Gustavo e Maurício.

Mas você precisa prestar muita atenção nos sinais que a criança dá para ter certeza de que todo aquele “show” é apenas uma birra e não algum transtorno psicológico. “Se esse comportamento é frequente em vários lugares do convívio social de vocês, há mais de 6 meses, o ideal é procurar um especialista”, indica Luciana.

Caso esse não seja o caso, fique tranquila. Significa que ele realmente só está passando por uma fase complicada. Mas pode durar mais tempo do que você imagina, até os 2 ou 3 anos, então separamos algumas dicas para acabar com a birra do bebê de 1 ano:

Converse

As crianças nessa idade já conseguem entender algumas coisas que você diz, mas não complique. “Converse, mas sem discursos. Seja bem pontual e direta”, aconselha a psicopedagoga.

Também tente entender o motivo daquela birra e sempre mostre para o seu filho porque ele não pode dar chilique a hora que bem entender. “É importante estar ao lado dele e demonstrar o que é possível fazer para resolver aquela situação”, diz.

Compreenda a birra

Não estamos falando para você ficar feliz por seu filho estar dando um “show” no meio do mercado, mas “entenda que a birra é uma forma de manifestação, um jeito de demonstrar a raiva”. Nesse momento, seja objetiva, passe segurança e esteja emocionalmente centrada para não se abalar com a criança.