Crianças decidem vender slime e o motivo vai aquecer seu coração

João Gabriel e Valentina montaram uma mini loja em frente a casa da avó

Os slimes vendidos pelos primos custam entre 2 a 5 reais (Foto:Reprodução/ Só Notícia Boa)

João Gabriel, de 7 anos, e Valentina, de 9 anos, são primos e tiveram a ideia de começar a vender slime para conseguirem alimentar cães sem donos no bairro Santa Tereza, em Cordeiro, Região Serrana do Rio.

-Publicidade-

Os dois montaram de improviso uma mini loja, com bancos para eles sentarem e venderem os produtos. O slime  é conhecido como amoeba, uma massa de modelar que faz sucesso na internet, não só entre as crianças, mas entre os adultos também. Os preços variam de  2 a 5 reais. Se você estiver passando por lá, já sabe! Bora ajudar as crianças! 

De acordo com o site Só Notícia Boa, Carol, a mãe de João, contou em entrevista que todo o dinheiro arrecadado pelos dois será doado para ajudar cachorros de rua.“Eu e a mãe de Valentina (Inês), compramos todo material que seria utilizado para a fabricação dos slimes. Daí, eles tiveram a ideia de arrecadar para doar ração aos pets de rua de Cordeiro”, declarou Carol.

-Publicidade-

Ela ainda disse que muita gente se mobilizou para ajudar a ação. O dinheiro vai parar nas mãos de Andréia Bianchini, uma das moradoras do bairro que alimenta os cães de rua toda noite. Que atitude generosa dessas crianças!

Leia Também:

Mãe doa o dinheiro arrecadado com loja online e reforma hospital infantil em Piracaia 

Jovens arrecadam 600 mil para construção de Orfanato em Recife 

Mãe monta enxovais para doar a mulheres carentes: “Dividir só acrescenta em nossas vidas” 

-Publicidade-