Criança

Menino autista escreve carta com pedido para prefeito e recebe a melhor resposta

Thailer foi diagnosticado aos 3 anos de idade

Emily Santos

Emily Santos ,filha de Maria Teresa e Francisco

Thailer escreveu uma carta para o prefeito (Foto: Divulgação)

Thailer é um menino de 7 anos que foi diagnosticado com autismo aos 3 anos de idade. O menino virou notícia após ter uma carta que ele escreveu ao prefeito de Vassouras (RJ), cidade onde mora, divulgada pela madrinha, e obter uma resposta direta do administrador da cidade.

Carta escrita por Thailer (Foto: Reprodução/Facebook)

Na carta, que foi escrita como uma atividade escolar e publicada na última terça-feira (26), Thailer pede ao prefeito que proíba a queima de fogos de artifícios barulhentos.

“Senhor prefeito, meu nome é Thailer, tenho 7 anos, moro no Grecco. Eu gostaria que proibisse os fogos de  artifício barulhentos, porque isso me faz sentir mal e os bichinhos também”, começou o menino.

Thailer usou o exemplo da cidade de São Paulo para embasar seu pedido. “A prefeitura de São Paulo fez isso, o que deixou autistas e pessoas que amam os animais felizes. Você também pode fazer as pessoas felizes em Vassouras. Espero respostas”.

O prefeito Severino Dias foi marcado na publicação e respondeu pessoalmente ao pedido do menino. “Oi Thailer. Já estamos estudando o assunto com carinho. Já existe até um projeto. Desculpe por lhe incomodar. Estou te esperando na prefeitura para receber pessoalmente. Abraços e fique com Deus”, escreveu, nos comentários da publicação.

Thailer se encontra com o prefeito de Vassouras(Foto: Divulgação)

O encontro aconteceu na última sexta-feira (01) e Aline Caroline Ferreira, mãe de Thailer, explicou que inicialmente ela tinha sugerido ao filho que ele escrevesse a carta e destinasse à uma tia ou uma prima, mas o menino quis arriscar e direcioná-la ao administrador público. E pelo menos uma resposta ele recebeu.

Leia também:

Vídeo: alunos com autismo mostram aos colegas o que o barulho faz na cabeça de um autista

Menino autista que sonha em ser policial ganha festa de aniversário de militares

Marcos Mion faz relato emocionante sobre aprendizados com o filho autista: “Todo orgulho do mundo”