Sempre alerta! Menina de 2 anos não resiste após engasgar com salsicha em creche

Os pais da garota decidiram fazer uma vaquinha para ajudar uma ONG que contribui com famílias de crianças que estão em estado crítico

Resumo da Notícia

  • Sempre alerta! Menina de 2 anos não resiste após engasgar ao comer salsicha em creche
  • Os pais decidiram fazer uma vaquinha para ajudar ONG
  • Simpatizantes com a história fizeram uma petição para tirar salsichas e uvas de creches
  • Veja a história completa

Sadie Salt, de dois anos, faleceu no St Mary’s Hospital em Londres no sábado, dois dias depois de engasgar enquanto comia salsichas no almoço enquanto estava na creche. Desesperados com a situação, os trabalhadores da creche Radlett chamaram os serviços de emergência por volta da hora do almoço na quinta-feira, 12 de novembro. Os paramédicos correram para o local, junto com uma ambulância aérea, e Sadie foi levada ao hospital.

-Publicidade-
É preciso tomar muito cuidado sempre – foto ilustrativa (Foto: Getty Images)

A garota, que tem dois irmãos de sete e dez anos, passou dois dias na UTI, mas acabou não resistindo e falecendo no sábado. A família, que mora em Barnet, descreveu o atendimento que Sadie recebeu no hospital como “excelente” e “além de incrível”. “A equipe da UTI é além de incrível e o cuidado com a Sadie e o apoio para nós foi excelente! Eles fazem um trabalho incrível e merecem todo o apoio que puderem receber. Eles cuidaram muito de nossa Sadie e de nós e nada era demais para fazer com que todos nos sentíssemos amados, cuidados e apoiados”, disseram eles, como apontado pelo portal Borehamwood Times.

A fim de transformar a trágica história da filha em algo positivo, os pais criaram uma página para arrecadação de fundos em “memória amorosa da princesa Sadie”, para apoiar a COSMIC, instituição de caridade que apoia crianças que estão em estado crítico e os respectivos familiares.

-Publicidade-

“Estamos com uma dor terrível por termos sofrido essa perda prematura de nossa filha e irmã, mas o enorme apoio de amor de todos vocês tem sido incrível. Estamos muito orgulhosos de dizer que ela foi capaz de ajudar outras pessoas doando órgãos vitais para vá em frente e salve vidas”, escreveu a família no site. Até o momento, eles já arrecadaram mais de 30 mil libras, além de diversas mensagens de força.

Esquenta Black Friday

A Black Friday da Amazon está chegando! Para conferir os produtos que já estão com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.

Petição contra salsichas e uvas

Sempre alerta! Menina de 2 anos não resiste após engasgar com salsicha em creche (foto: reprodução Borehamwood Times)

Tocados com a história da garota, Darren Ruback e Claire criaram uma petição contra o consumo de salsichas e uvas em creches.  “Esta é uma petição que nunca pensamos que escreveríamos. Tragicamente, no dia 14 de novembro de 2020, a filha do melhor amigo de Darren perdeu a vida depois de engasgar com um pedaço de salsicha enquanto almoçava no berçário. Ela tinha apenas 2 anos. Nossos amigos perderam seu bebê. Nosso bebê perdeu seu amigo. Dois meninos perderam sua irmã mais nova”, escreveram eles.

“Temos plena consciência de que acidentes acontecem, mas também podemos tomar medidas para evitar que esses acidentes ocorram! As salsichas são conhecidas pelo formato desajeitado e pele dura, tornando-se assim um desafio extra para crianças pequenas mastigarem. As uvas se enquadram na mesma categoria. Estamos apelando para que as salsichas e as uvas sejam banidas de todos as creches, para que nenhuma outra família tenha que passar pela devastação e tristeza que tantas pessoas sentiram neste fim de semana”, continuaram ele. Mais de 2.500 pessoas assinaram a petição.

Várias agências de segurança estão investigando a morte de Sadie. “As investigações de várias agências continuam a estabelecer as circunstâncias em torno do incidente. Portanto, seria inadequado comentar mais nesta fase”, pontuou a polícia local.  Um porta-voz da creche Mini Learners em Radlett, onde Sadie frequentava, disse: “Estamos absolutamente devastados com esta notícia e nossas sinceras condolências vão para a família”.

Como proteger seu filho

Ficar de olho em bebês e crianças menores de 4 anos durante e após as refeições faz uma baita diferença. E sabe por quê? Porque a sufocação é a principal causa de mortes acidentais entre essa faixa etária. Segundo a ONG Criança Segura, elas são mais vulneráveis, uma vez que as vias aéreas são menores e elas têm pouca experiência em mastigar e engolir a comida. Logo, a inalação de golfos, vômitos ou alimentos é a maior causa dessas fatalidades.

Por isso, a recomendação é de não agitar o bebê após a mamada. “Além disso, durante e logo após a amamentação, é importante mantê-lo em posição vertical, evitando colocá-lo para dormir ou trocar fralda“, explica Gabriela Freitas, gerente executiva da Criança Segura.

Se seu filho engasgar, tenha calma e pense rápido. “Nesse caso, os pais podem dar algumas palmadinhas no meio das costas. Caso não adiante, leve imediatamente ao hospital”, afirma o pediatria Thiago Caetano, pai de Beatriz e Gabriela.

Seminário Internacional Pais&Filhos

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

-Publicidade-