Família

Aventura em família: pai e filha quebram recorde ao escalarem o Everest

Renato e Ayesha chegaram ao cume da montanha mais alta do mundo em maio

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Renato e Ayesha alcançaram o cume da montanha em maio (Foto:Reprodução/El Pais)

Renato e Ayesha alcançaram o cume da montanha em maio (Foto:Reprodução/El Pais)

Renato Zangaro, de 60 anos, e sua filha, Ayesha Zangaro, 23 anos, alcançaram o topo do Everest, a montanha mais alta do mundo. Porém, mais de 715 pessoas já fizeram isso em  2018, qual é o grande diferencial dessa dupla? Eles quebraram dois recordes seguidos! Brasileiro mais velho a escalar a montanha e brasileira mais nova a escalar a montanha.

Essa aventura já estava sendo planejada desde 2010, quando o pai levou sua esposa, Lysse, e Ayesha para fazer um trekking na montanha localizada no Nepal. Eles escalaram até o campo-base, lugar onde acampam os alpinistas que pretendem chegara no cume da montanha, a mais de 5.340 metros.

A experiência deixou a menina, com 15 anos na época, empolgada com a ideia de chegar até o topo. “Gostei muito mais do trekking que eles. Foi mágico. Lá, fiquei sabendo do projeto dos sete cumes, que é o desafio de escalar a montanha mais alta de cada continente. Quando voltei, sabia que queria fazer”, relatou Ayesha ao site do El Pais. Porém seu pai achou uma loucura. “Na hora, falei: ‘você está louca.’”

Seguindo a dica dos alpinistas experientes, Renato e Ayesha seguiram para a Tanzânia em 2011 e escalaram o Kilimanjaro (5.895 m), o mais “fácil” dentre os sete. Em 2012 foi a vez do Aconcágua (6.962 m), na Argentina. Adiaram a escalada seguinte, na Rússia, para 2013, devido a condições climáticas, mas conseguiram alcançar o topo do Elbrus (5.642 m). A quarta escolhida foi a Carstensz, uma pirâmide de pedra de 4.884 metros localizada na placa tectônica da Oceania. O penúltimo desafio foi o monte Denali (6.190 m), no Alasca, a montanha mais fria do mundo. Assim que tiveram condições, começaram as preparações para o desafio final, que só aconteceu em 2018.

A preparação foi intensa. Ayesha já tinha um condicionamento