Família

Estudo mostra que preparar uma criança para escola é como trabalhar um dia extra

A pesquisa entrevistou mais de 2 mil pais

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

(Foto: Reprodução / GettyImages)

Sabemos que a rotina de levar as crianças para escola é muito puxada. Ás vezes o filho não está animado para ir ao colégio e lá estão os pais, incentivando as crianças, além de todo o processo de preparar lanches, colocar o uniforme e levar ate o colégio. Tudo isso demanda tempo e paciência. Porém, um estudo feito pela Kellog’s mostrou que preparar os filhos para a escola é como um trabalho extra.

A pesquisa entrevistou 2 mil pais que têm filhos na escola e analisou a carga de trabalho de uma semana. Descobriu-se que, em geral, são gastas em média, 10 horas a mais com as atividades preparatórias para ir a escola, e todas as tarefas reais envolvidas somam 43 horas.

As tarefas envolvidas nesse processo, são muito mais do que conseguimos imaginar. Além de coisas óbvias como, colocar os uniformes e guardar os lanches na bolsa, há também o ‘preparar o dia’, que entra itens como, preparar o almoço/janta e lavar a pilha de roupas sujas que muitas vezes são acumuladas.

Além dessas descobertas, os pesquisadores afirmam que, para se manter a par de todas essas tarefas, os pais costumam levantar muito mais cedo do que deveriam para ajudar os filhos a irem a escola. E cerca de 42% dos pais acabam pulando o café da manhã na maioria dos dias, porque os filhos estão na lista de prioridades logo de cara.

Por isso, não é de se surpreender quando os pais ficam exaustos. Isso é um dia inteiro de trabalho extra, e nós sabemos disso, porém entendemos que muitas das vezes é necessário essas horinhas extras para ver o filho bem e saudável.

Leia também:

Saiba o que fazer quando seu filho não quer ir à escola

Estudo comprova que o segundo filho é o mais arteiro de todos

Estudo defende: crianças que amam dinossauros são mais inteligentes