Xuxa fala sobre abusos que sofreu na infância: “Não superamos, mas convivemos”

A famosa lançou uma biografia em que conta sobre os momentos felizes e sombrios que passou ao longo da vida e como eles influenciaram na criação que deu à Sasha

Resumo da Notícia

  • Xuxa lança biografia
  • Nela, a famosa relembra os abusos que sofreu na infância
  • Ela aponta como essa trajetória influenciou na criação de Sasha
  • Veja algumas partes do livro

Xuxa Meneghel lançou, neste mês, uma biografia. No livro, intitulado “Memórias”, a famosa mostrou a faceta mais íntima e contou sobre as dificuldades e problemas que enfrentou na infância. No livro, ela conta sobre os abusos que sofreu e dos traumas que carrega consigo.

-Publicidade-
Xuxa fala sobre abusos que sofreu na infância: “Não superamos, mas convivemos” (Foto: reprodução/ Instagram/ @xuxamenegheloficial

“Não acredito que dê pra parar uma doença dessas (pedofilia), mas acho que nós podemos ser a vacina“, contou a apresentadora, em uma parte do livro destacado pelo Splash. A famosa também falou que os abusos que sofreu quando era mais nova – inclusive de pessoas da própria família – a deixaram com algumas manias: até hoje, ela toma cerca de 4 banhos por dia. “Creio que existem coisas na vida que não superamos, mas, sim, convivemos. E isso é uma das coisas com a qual conviverei para sempre”, apontou a famosa.

Para a “rainha dos baixinhos”, falar sobre esses tópicos é muito árduo e dolorido, mas a própria apresentadora destacou que acha extremamente importante e necessário conversar e relatar sobre esses temas, principalmente para ajudar outras famílias que passam pelo mesmo a denunciar e falar sobre a situação.

-Publicidade-
Ela conta como essa trajetória ajudou na criação de Sasha (Foto: reprodução / Instagram @xuxamenegheloficial)

Além das dificuldades, Xuxa também fala sobre as coisas boas da infância, destacando a relação que tem com a mãe, que sempre esteve presente em todos os momentos da vida dela. No livro, ela também fala sobre o amor e carinho que tinha com a avó, com quem sempre teve muita liberdade.

A apresentadora ressaltou que, com a experiência e trajetória que tem, sempre tentou passar ensinamentos importantes para a filha, Sasha. “Hoje, com a experiência que tenho, vejo que tentei passar para Sasha tudo o que é importante. Saber errado, truncado, por amigos, não é legal”, contou.

-Publicidade-