Gravidez

Duas freiras voltam grávidas de viagem missionária e Igreja Católica abre investigação

Elas realizavam trabalho voluntário no continente africano

Letícia Vaneli

Letícia Vaneli ,filha de Alcides e Eugênia

(Foto: Reprodução/Getty)

Após descobrirem que 2 freiras ficaram grávidas, a Igreja Católica abriu uma investigação para entender o que aconteceu, pois ambas estavam em missão no continente africano.

Uma das freiras descobriu a gravidez depois que foi hospitalizada, queixando de fortes dores abdominais. Enquanto a outra, que madre descobriu nos meses finais da gestação que estava esperando um filho.“Parece que as duas mulheres voltaram para os seus países de origem e, obviamente, tiveram algum tipo de encontro sexual. Foi iniciada uma investigação”, revelou um membro da igreja em entrevista para o jornal britânico The Sun. 

Ainda não decidiram o futuro das crianças, mas tudo indica que as mulheres terão que abandonar os seus postos e criarem os seus bebês em casa. Por ora, a Igreja Católica quer descobrir se as grávidas foram vítimas de estupro durante os trabalhos voluntários que realizaram. “Ambas violaram regras estritas de castidade, mas o bem-estar de seus filhos está acima de tudo”, finalizou. 

Durante um voo, Papa Francisco afirmou estar preocupado com os casos de gravidez que ocorrem entre as freiras e concluiu dizendo que é “um problema muito sério que nós precisamos combater”.

Leia também:

Polêmica: padres têm filhos e Vaticano assume que sabia disso

Papa Francisco faz comentário polêmico sobre padres pedófilos e estamos aplaudindo de pé 

Papa Francisco autoriza criança brincar no palco durante sermão: “Deixe-a tranquila!”