Mãe dá à luz quadrigêmeos após superar tumor cerebral

Em Haslet, no Texas (EUA), Katie Sturm, 27 anos, estava com apenas três meses de gestação dos quadrigêmeos, quando descobriu que tinha um glioma, um tipo de tumor no cérebro

Resumo da Notícia

  • Em Haslet, no Texas (EUA), Katie Sturm, 27 anos, estava com apenas três meses de gestação dos quadrigêmeos, quando teve uma convulsão no trabalho
  • Ao ser levada para o hospital, a gestante, que já tem um filho de 3 anos, descobriu que tinha um glioma, um tipo de tumor no cérebro e na medula espinhal que poderia ser fatal
  • Os bebês, Austin, Daniel, Jacob e Hudson, chegaram em 3 de julho por um parto cesárea

Em Haslet, no Texas (EUA), Katie Sturm, 27 anos, estava com apenas três meses de gestação dos quadrigêmeos, quando teve uma convulsão no trabalho. Ao ser levada para o hospital, a gestante, que já tem um filho de 3 anos, descobriu que tinha um glioma, um tipo de tumor no cérebro e na medula espinhal que poderia ser fatal.

-Publicidade-
Os bebês não foram concebidos por fertilização in vitro (Foto: Reprodução / Dallas News)

No hospital, UT Southwestern, em Dallas, os médicos preferiram remover o tumor rapidamente, mas estavam preocupados com a segurança dos bebês, já que era uma cirurgia de de risco. “Quando descobri que teria quadrigêmeos, chorei por dois dias”, disse Katie, em entrevista para o Dallas News, com a família e a equipe médica.

Os bebês não foram concebidos por fertilização in vitro e os médicos disseram que a gestação de Katie, de quadrigêmeos, era um caso raro. Quando descorbiu o tumor, a mãe ficou chocada, mas como o glioma parecia estar crescendo lentamente, os médicos planejaram esperar para operar até o nascimento dos bebês.

-Publicidade-

Porém, rapidamente os planos mudaram, pois Katie teve uma nova convulsão em casa. O marido da gestante, Chris Sturm, ficou extremamente assustado com o quadro da esposa. “Basicamente, tivemos que jogar o plano inicial pela janela”, contou.

Agora ela é mãe de cinco! (Foto: Reprodução / Dallas News)

Já no mês de março, Katie fez a cirurgia sem complicações. A operação aconteceu no segundo trimestre da gestação. Depois, a mãe conseguiu se recuperar em casa durante o isolamento social. Com 32 semanas, os médicos disseram que já estava no momento de ela dar à luz. O hospital se preparou para o parto por quase dois meses, porque esse momento exigiria uma série de profissionais da saúde. No dia do parto, uma equipe com 21 membros ajudou Katie a dar à luz. Os bebês, Austin, Daniel, Jacob e Hudson, chegaram em 3 de julho por um parto cesárea.

Os bebês permaneceram na UTI neonatal para ganhar peso. Austin e Jacob ficaram por um mês, Daniel foi para casa cerca de uma semana e meia depois e Hudson ficou por quase dois meses no hospital. “Não existe um manual de instruções para quadrigêmeos. Não há nenhum livro que diga: ‘É assim que você faz isso’. É apenas uma espécie de ‘Aqui estão os bebês’ ”, disse Chris Sturm.

-Publicidade-