Gravidez

Meghan Markle recebe mais de 5mil tweets racistas e família real toma providências

o castelo reforçou a equipe de mídias digitais

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Meghan Markle e Harry durante viagem ao Marrocos (Foto: Getty Images)

Um fonte ligada a família real, disse a CNN que, eles tiveram que reforçar a equipe nas mídias sociais para apagar comentários negativos e bloquear contas que atacam a duquesa de Sussex. Os ataques são racistas e aumentaram depois da confirmação da gravidez. Na última segunda-feira, 04, a família publicou no twitter orientações para aqueles que o seguem: “mostrem cortesia, gentileza e respeito por todos os outros membros de nossas comunidades.”

De acordo com o palácio eles até poderão tomar medidas investigativas se necessário. A onde de ataques à Meghan Markle é promovida por um grupo homogêneo. A organização Hope Not Hate (esperança não ódio) disse que 70% dos ataques vem de 20 contas, que foram criadas apenas para produzir esse tipo de conteúdo. A Hope Not Hate verficou cerca de 5 mil tweets que foram feitos com uma hashtag contra a Meghan só entre Janeiro e Fevereiro de 2019.

Meghan é divorciada e casou com o príncipe Harry no ano passado e desde então vem se envolveu com algumas polêmicas, ela costuma quebrar alguns protocolos como, viajar sozinha para Nova York para um chá de bebê (que não poderia acontecer), uma suposta revelação do sexo da criança e possui um mau relacionamento com a família do pai.

Veja um exemplo de ataque:

Na foto está escrito: “Querido, esta gravata faz meu rosto ficar pálido?”

Foto de um tweet preconceituoso contra Meghan (Foto: Reprodução MEME)

Leia Também: 

A família real também reaproveita roupa entre os filhos e nós podemos de provar 

A família real vai aumentar? Kate Middleton fala sobre gravidez do quarto filho

Aprenda a fazer duas receitas especiais da Família Real para sua ceia de Natal