Ex-marido de grávida morta por coronavírus fala pela primeira vez: “Nossas filhas ainda não sabem”

Sérgio Melo abriu o coração e fez um relato de como estão sendo as coisas após a morte da ex-esposa, com quem tinha duas meninas

Resumo da Notícia

  • Ela estava na 32ª semana de gestação
  • O ex-marido falou sobre como está a família após a perda
  • Eles são pais de gêmeas
  • O óbito foi confirmado no domingo, 5 de abril
Ele abriu o coração (Foto: reprodução / TV Globo)

No último domingo, 5 de abril, uma grávida de 32 anos morreu por coronavírus em Recife, Pernambuco. Com um relato emocionante, o ex-marido falou pela primeira vez e contou que os filhos ainda não sabem sobre a perda da mãe, Viviane Albuquerque. Ela deixou duas crianças.

-Publicidade-

“Elas ainda não sabem de nada, vou precisar de uma orientação psicológica para poder conversar com minhas filhas. É um momento muito difícil, são duas crianças de 6 anos”, disse Sérgio Melo em entrevista ao G1. O bebê foi retirado, e segue internado ainda.

No dia 28 de março, a grávida foi internada com sintomas de coronavírus, mas apenas no dia 1º de abril os resultados saíram e deram positivo. Por causa da gestação, ela foi levada para a UTI e na sexta-feira, 3 de abril, foi entubada após de passar por uma cesariana no dia 2 de abril.

-Publicidade-

“As meninas eram tudo para Viviane. Eu fiquei sabendo na quarta-feira passada, através de um amigo, que é médico. Ele disse que o quadro dela deu positivo e que era difícil, uma situação delicada, mas eu, com muita fé, achava que ela ia escapar dessa. Foi muito rápido”, contou.

O bebê que ela estava esperando ainda segue internado (Foto: reprodução / Instagram)

Sérgio contou ainda que a ex-esposa sofria com um problema respiratório. Mas de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, foi constatado que não haviam comorbidades no caso dela. “Viviane era forte, atleta, teve as gêmeas comigo e eu sempre cuidei, sabia que ela tinha um problema de asma alérgica”.

Ainda sobre Viviane, ele lamentou por tudo: “Dedicada, inteligente, faltava dois meses para ela terminar o curso de direito dela. Deixou duas princesas, que estão aqui comigo, tem um bebê lutando pela vida, que vai precisar de amor, atenção, que é o que o mundo está precisando, porque economia a gente pode recuperar, mas a vida nunca mais volta”, concluiu.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-