Criança

Escritora do livro “Alinhavos” ensina: “As crianças só tomam boas decisões quando estão informadas”

Autora cria obra para alertar sobre os perigos que a indústria da moda podem causar ao meio ambiente

Cinthia Jardim

Cinthia Jardim ,filha de Luzinete e Marco

Capa do livro “Alinhavos” (Foto: Arquivo pessoal)

No dia 23 de agosto, a editora Panda Books lançou o livro “Alinhavos – O Futuro do Planeta está no seu Guarda-Roupa”, da autora Alessandra Ponce, filha de Itamar e Carolina. Dedicado ao público infanto-juvenil, “Alinhavos” fala sobre o processo de criação do vestuário e o impacto que a indústria da moda pode causar ao meio ambiente. A partir do livro, os pequenos aprendem a fazer escolhas quando estão bem informados.

Alessandra explicou que a inspiração veio do mercado da moda, onde atua há 25 anos, e também da relação com os filhos João, de 13 anos e Luisa, de 11: “Eles eram motivados a consumir. Estou há tempos trabalhando com moda, e como as minhas crianças estão tão próximas à mim, não conheciam e não tinham a mínima ideia sobre como o consumo podia causar tanto impacto”. A autora apresentou a ideia do projeto para a editora, que abraçou a causa, depois de ver a necessidade de falar sobre o assunto com o público infanto juvenil.

A autora contou que começou a se conscientizar sobre os impactos ambientais no mundo da moda a partir da tragédia em que o edifício Rana Plaza, que abrigava fábricas de roupas em Bangladesh, desabou em 2013 e deixou 1127 mortos. No momento do acidente, cerca de 3 mil funcionários trabalhavam no local.

Alessandra e os filhos João e Luisa (Foto: Beto Jeon)

Para falar com os pequenos, ela procurou conversar no livro da mesma forma que conversa com os filhos e deu início ao projeto no ano passado: “Quando comecei a escrever, eles foram os meus primeiros editores, e me davam toques com a maneira que entendiam. Na época o João tinha sete anos e a Luisa cinco, então procurei ser o mais clara e específica para levar o assunto até as crianças, para elas poderem ter acesso a esse tipo de informação”, explicou.

Para instigar as crianças a darem o primeiro passo, o livro dá dicas do que elas podem fazer para colaborar com o meio ambiente, sendo elas: o consumo de roupas de segunda mão, customização de peças antigas, doação de roupas, repassar uniformes escolares que os pequenos já não usam mais e a criação de bazares. Ela propôs também uma brincadeira bem diferente, chamada “vista-se com a minha história”, na qual as crianças escolhem uma roupa que gostam, do próprio guarda-roupa, para presentear um amigo junto à uma carta.

Alessandra trabalha no mercado da moda há 25 anos (Foto: Arquivo pessoal)

Quando Alessandra levou o livro pela primeira vez à escola da filha, as crianças demonstraram uma enorme curiosidade, porque desconheciam o processo de como o consumo afeta o meio ambiente. “Elas até mesmo levaram perguntas montadas para mim. Estavam sedentos pela informação”.

Apesar de parecer ambiciosa, Alessandra disse que sempre ligou a informação ao poder de escolha: “Se tiverem informação isso pode impactar no que elas vão escolher e no futuro do nosso planeta. Muitas vezes consumimos sem saber como isso pode influenciar no processo de escolha, então só podemos fazer boas decisões no momento em que estamos informados”, explicou.

Alessandra também contou que um dos sonhos dela é atingir o maior número possível de crianças, para que elas se conscientizem: “Eu quero que elas saibam que o futuro da gente também está ligado ao nosso guarda-roupa, porque com todo esse conhecimento, podemos reduzir os impactos ambientais”. “Alinhavos” está sendo vendido nas melhores livrarias e custa R$ 36,00.

Leia também:

Dia das Crianças: 17 opções de livros para dar de presente para o seu filho

Projeto “Achei um Livro” espalha livros pelo interior de São Paulo para estimular a leitura

“Sustentabilidade não é só uma moda, mas um novo jeito de pensar para as gerações futuras”, diz professor