Mãe desabafa após médicos cortarem o rosto da filha durante parto cesárea

O caso aconteceu na Rússia

Resumo da Notícia

  • Darya Kadochnikova se preparou durante toda a gestação para ter um parto normal
  • Porém, quando a hora chegou, os médicos decidiram que seria melhor fazer uma cesárea
  • Darya precisou ser sedada durante o procedimento, pois a epidural não estava fazendo efeito
  • Quando acordou, viu que a filha recém-nascida estava com um corte profundo no rosto
O bebê estava com uma cicatriz no rosto (Foto: Getty Images)

Uma mãe ficou em choque ao ver que seu bebê recém-nascido ficou com uma cicatriz após os médicos cortarem seu rosto acidentalmente com um bisturi durante o parto.

Darya Kadochnikova, da Rússia, foi forçada a fazer um parto cesárea após o bebê mudar de posição no útero. Ela tinha planejado um parto normal, porém os médicos decidiram que uma cesárea seria mais segura. Darya foi sedada com um anestésico intravenoso após a epidural não fazer efeito.

Quando acordou, Darya ficou chocada ao ver que a filha estava com um corte profundo ao lado do nariz, debaixo do olho direito. Segundo os jornais russos, os médicos disseram para Darya que o corte aconteceu acidentalmente, porque a bebê se mexeu muito durante o parto.

A filha de Darya ficou com uma cicatriz (Foto: Reprodução / The Sun / Central European News)
O corte aconteceu durante o parto (Foto: Reprodução / The Sun / Central European News)

De acordo com o The Sun, o incidente foi investigado pelos diretores do hospital após a mãe alegar que esperou 24 horas para que um cirurgião aparecesse para costurar a ferida da filha. Em defesa, os médicos disseram que é extremamente raro que os recém-nascidos sejam cortados durante o parto.