Saúde

Mãe britânica desabafa sobre como é ter síndrome do pânico após o nascimento do bebê

85% das mães afirmam ter sofrido algum tipo de ansiedade ou problema de saúde mental durante a gravidez

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

Channel Mum possui 115 mil inscritos. (Foto: Reprodução Youtube)

Channel Mum possui 115 mil inscritos. (Foto: Reprodução Youtube)

*Por Ana Beatriz Gonçalves, filha de Carla e Virgílio

A discussão em torno da depressão pós-parto, ansiedade e baby blues vem ganhando cada vez mais força. O que antigamente era visto como frescura, hoje em dia é tratado com mais seriedade. As mães, por exemplo, convivem mais intensamente com essas doenças. Por isso o canal britânico do Youtube “Channel Mum”, que aborta a maternidade, lançou um vídeo sobre síndrome do pânico.

Shoie Mei Lan, mãe de dois filhos, aparece chorando em um momento de síndrome. “Eu só não quero estar aqui – eu simplesmente não posso lidar!”. O vídeo foi criado para promover um Curso de Ansiedade e um kit de ferramentas, criado pela psicóloga da The Channel Mum, Emma Kenny.

“Os pais são particularmente vulneráveis a sofrer de ansiedade, mesmo que nunca tenham tido problemas com a saúde mental. Nossa pesquisa revelou que 85% das mães dizem que sofreram algum tipo de ansiedade ou problema de saúde mental durante a gravidez ou desde que se tornou mãe. Mais da metade nem sequer recebeu um aviso de que isso poderia acontecer! “, contou Emma.

Veja o vídeo:

A mensagem do vídeo é sem dúvida extremamente necessária. A promoção de mais conversas pode tranquilizar muitas mães de que elas não estão sozinhas, mas que existem recursos que podem oferecer um apoio muito merecido e paz de espírito!

Leia também:

7 dicas que vão salvar a sua saúde mental durante os primeiros meses de vida com o bebê

Mãe bomba no Instagram dando conselhos sobre saúde mental

Bullying entre irmãos é prejudicial à saúde mental das crianças, diz pesquisa