Bebês

Família faz vakinha para ajudar o pai que matou acidentalmente os filhos: “Queremos encontrar a paz”

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Os gêmeos não resistiram (Fotos: Reprodução/ABC/The Sun)

A família e amigos de Marissa e Juan Rodrigues decidiram fazer uma ação para ajudar o casal que está passando por uma fase muito difícil. Eles perderam os filhos gêmeos que morreram depois de ficaram oito horas trancados no carro do pai. Agora, uma foto de Luna e Phoenix comemorando um ano de vida está emocionando a internet.

A foto da comemoração do primeiro aniversário dos irmãos foi tirada, segundo a mídia local, semanas antes do triste acidente. Os gêmeos estão no colo dos pais, atrás da mesa do bolo, muito bem decorada, e estão todos muito felizes.

O caso que aconteceu na última sexta-feira, 26 de julho, está fazendo com que a família viva um pesadelo. Além de lidar com o sentimento de luta e culpa, eles ainda não conseguem mais sair para trabalhar por conta dos repórteres acampados na porta do casal. Foi então que os amigos criaram uma ‘vakinha‘ online.

“Este incidente foi um acidente devastador que afetou toda a família. Estamos pedindo seu apoio, para ajudá-los a superar esse momento horrível e sombrio e encontrar a paz durante esse pesadelo. A família procura lamentar juntos e se reunir, enquanto eles começam a lidar com a tarefa impossível de continuar com suas vidas. Estamos pedindo apoio da comunidade, da mesma forma que Juan e Marissa apoiaram essa comunidade, enquanto lidam com essa tragédia”, explicam na descrição da campanha.

A foto está emocionando muita gente (Foto: Reprodução/Go Found Me)

Entenda o caso 

Juan Rodriguez, pai de Luna e Phoenix, foi preso por duplo homicídio depois que os gêmeos morreram no calor do carro. Ele achou que tinha deixado os filhos na creche, mas as crianças ficaram por oito horas dentro de um automóvel em pleno verão de Nova York. E agora Marissa Rodriguez, a esposa, precisa sair em defesa de Juan.

Depois de tantas reviravoltas, Marissa quebrou o silêncio e comentou o caso. Ela enviou uma nota para NBC no último domingo, 28 de julho. A mãe dos gêmeos que morreram e de mais três crianças falou sobre o sofrimento de perder os filhos e também sobre a personalidade do marido.

O caso aconteceu aconteceu na última sexta-feira, 26 de julho, e no dia 27 de ele já havia sido condenado por homicídio e negligência. Mas a família pagou uma fiança de 100 mil doláres (quase 400 mil reais) e Juan foi liberado. Marissa decidiu falar sobre o caso e defender o marido.

Juan foi solto depois de uma fiança quase que milionária (Foto: Reprodução/ABC)

“Eu nunca vou esquecer meus gêmeos e eu sei que meu marido nunca vai se perdoar por seu erro. Este foi um acidente terrível e eu preciso do meu marido ao meu lado para conseguir superar isso”, começa.

“Apesar de eu estar sentindo uma dor maior do que é possível imaginar, eu ainda amo meu marido. Ele é uma boa pessoa, é um ótimo pai e eu sei que ele jamais faria algo para machucar nossos filhos intencionalmente”.

Leia também: 

Marido coloca cartaz sincero no carro depois da esposa realizar uma cesárea e bomba na web 

Absurdo! Crianças são esquecidas dentro do carro em dia quente por funcionárias de creche 

Carro pega fogo com crianças dentro e mãe desabafa: “Tive que escolher qual filho salvar”