Queimadura solar: o que fazer para cuidar e evitar o problema na pele do seu filho

Tomar sol é importante, mas tudo em excesso faz mal. Fique atento para que seu filho não fique exposto aos raios solares por muito tempo e saiba como cuidar da pele do bebê ou da criança em casos de queimaduras

Resumo da Notícia

  • A pele do bebê é supersesível e merece cuidados especiais
  • Ficar um tempo no sol com o seu filho é tudo de bom! No entanto, a pele deve estar protegida e hidratada para não se queimar
  • Caso seu filho tenha queimaduras após o sol, existem produtos que podem te ajudar a tratá-las 

Cuidar bem da pele do bebê desde o nascimento é essencial para que ele se desenvolva de forma tranquila e saudável. A pele é o maior órgão do corpo e responsável, principalmente, pela proteção do nosso organismo. Para que ela cumpra sua função da forma correta, também precisa estar protegida.

-Publicidade-

Ir à piscina, à praia e ficar um tempo no sol é tudo de bom! No entanto, se a pele não estiver protegida e hidratada, os momentos de diversão podem futuramente se transformar em desconforto e ardência, principalmente quando falamos da pele sensível e delicada do bebê.

Os pais devem ficar atentos à exposição do bebê ao sol
Os pais devem ficar atentos à exposição do bebê ao sol (Foto: Getty Images)

Os danos provocados pelo sol na pele do bebê são cumulativos, podendo manifestar problemas mais sérios ao longo da vida, como o câncer de pele. Por isso, é importante tomar os devidos cuidados com a pele desde a infância. 

Meu bebê ficou com queimadura solar, e agora?

Calma! Primeiro de tudo, é importante identificar a gravidade da queimadura para saber se será possível tratar em casa ou somente com um especialista. Se houver febre e o aparecimento de bolhas, não estoure, leve seu filho ao médico, pois o caso pode ser mais grave.

Em casos graves, a queimadura pode formar bolhas, sendo queimadura de segundo grau
Em casos graves, a queimadura pode formar bolhas, sendo queimadura de segundo grau (Foto: Getty Images)

A queimadura de sol nem sempre é visível imediatamente, e pode demorar horas para que a vermelhidão apareça de fato. Em casos de queimaduras leves, você deve manter o bebê muito bem hidratado. Dê bastante líquido a ele – para bebês com menos de seis meses, o leite materno é ideal. Faça compressas frias e aplique de forma suave na pele queimada para aliviar o incômodo. Dê banhos com água morna no bebê, mas certifique-se de que ele não sinta frio. 

O sabonete líquido de Glicerina da Granado é ideal para uma limpeza profunda da pele do bebê durante o banho. Com uma textura suave e feito com pH adequado, ele é ótimo para a pele delicada do recém-nascido, deixando-a macia e perfumada e dando alívio para o seu bebê.

O sabonete de Glicerina, feito a partir da glicerina vegetal e com pH da pele do bebê, é livre de parabenos, ingredientes de origem animal e dermatologicamente testado
O sabonete de Glicerina, feito a partir da glicerina vegetal e com pH da pele do bebê, é livre de parabenos e ingredientes de origem animal, e é dermatologicamente testado (Foto: Divulgação)

Não passe produtos oleosos na pele da criança porque eles impedem que o calor e o suor sejam liberados pela transpiração, o que pode agravar o quadro da queimadura. Você pode passar hidratantes específicos para bebês, para aliviar a coceira, se a pele começar a descascar. A Loção Hidratante Dermocalmante da Granado hidrata profundamente e restaura a barreira protetora do bebê. Nas peles sensíveis, ela pode aliviar coceiras e vermelhidão.

A Loção Hidratante Dermocalmante da Granado é formulada com ceramidas, alantoína, proteínas do trigo, da aveia e amêndoa doce, manteiga de karité e óleo de girassol
A Loção Hidratante Dermocalmante da Granado é formulada com ceramidas, alantoína, proteínas do trigo, da aveia e amêndoa doce, manteiga de karité e óleo de girassol (Foto: Divulgação)

Como não agride a pele delicada do seu filho, ela pode ser usada desde o nascimento e todos os dias. Então crie o hábito de hidratar cuidadosamente o corpo do bebê e dê mais atenção para as partes mais queimadas.

Com o passar do tempo, a pele do bebê pode começar a descamar, mas não se preocupe! Essa é a forma que o organismo encontra de curar a pele. Nesse período, não deixe o seu filho ficar exposto ao sol e vista-o com roupas leves e confortáveis, preferencialmente de algodão. 

Como evitar a queimadura solar? 

Para evitar que o seu bebê tenha queimaduras causadas pelo sol, é importante mantê-lo sempre vestido com roupas adequadas e colocar chapéus ou bonés nos dias de muito calor. Também é necessário passar o protetor solar específico para bebês para a proteção da pele do seu filho.

Quando o bebê tem mais de 6 meses, já é possível passar protetor solar na pele
Quando o bebê tem mais de seis meses, já é possível passar protetor solar na pele (Foto: Divulgação)

Além disso, o segredo da prevenção de queimaduras de sol está em evitar os passeios no horário mais quente (das 10h às 16h), quando os raios solares estão em sua intensidade máxima. Lembre-se: mesmo debaixo do guarda-sol, é possível que a pele do bebê se queime em dias de muito calor. Então, aplique o protetor solar na pele do seu filho 20 minutos antes da exposição ao sol e crie o hábito de passar o creme a cada 2 horas.