Relato de mãe: “Meu bebê de 7 meses está com a forma mais grave do coronavírus e é assustador”

Após o filho testar positivo para a doença, Courtney, que também é mãe de mais duas crianças, abriu o coração e fez um desabafo emocionante sobre o caso

Resumo da Notícia

  • Emmett tem apenas sete meses e foi diagnosticado com a doença
  • Os outros dois irmãos mais velhos não possuem nenhum sintoma até o momento
  • Courtney fez um relato emocionante sobre o caso
  • Ela ainda fez uma alerta aos pais
O menino recebeu o positivo no dia 17 de março (Foto: reprodução / Facebook)

Courtney Watts Doster, mãe de três que vive na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, usou as redes sociais para fazer um relato após o filho, Emmett, de apenas sete meses, ter sido infectado pelo novo coronavírus e estar enfrentando um quadro de de pneumonia, a forma mais grave do vírus no corpo.

-Publicidade-

No dia 17 de março, ela recebeu o resultado positivo de que o menino estava com covid-19. Em entrevista ao Good Morning America, Courtney contou que o primeiro sintoma foi a febre. “Emmett começou a mostrar sinais na segunda-feira, 16 de março. Ele acordou da soneca e estava quente. Eu verifiquei a temperatura dele e estava com febre baixa, mas rapidamente começou a subir. Nós ligamos para o pediatra. Foi aí que ele foi submetido ao teste para coronavírus, gripe, VSR e eles também fizeram radiografias de tórax e confirmaram pneumonia. 24 horas depois recebemos o diagnóstico de pneumonia”, lamentou a mãe.

Courtney disse ainda que o bebê não tinha outros sintomas: “Ele não tinha outros sinais de estar doente. Ele não era chorão ou exigente e é isso que é realmente assustador. Nem percebemos que ele estava tendo esses tipos de sintomas”. Ela e o marido têm outros dois filhos, de dois e quatro anos, que também não apresentam nenhum sintoma até o momento.

-Publicidade-
A forma mais grave da doença é a pneumonia (Foto: reprodução / Facebook)

“Estamos de olho em todos, verificando suas febres, ouvindo-os, garantindo que eles não mostrem sinais de doenças. Por enquanto, tudo bem. É muito assustador – o desconhecido, o que se passa – então, queremos que os pais levem isso a sério. Mantenham seus bebês em casa. Lavem as mãos. É difícil manter as mãozinhas fora da boca, mas recomendamos que você fique de olho neles e em seus sintomas”, afirmou na entrevista.

Pelo Facebook, o relato que teve mais de 45 mil compartilhamentos foi o seguinte: “COVID-19 não é uma piada. Não é hora de sair e ter encontros, de brincar fora, ir ao Walmart, ou sair para comer. Fiquem em casa gente, por favor! Nada pior do que o teu filho de 7 meses, ser examinado e depois afirmarem que ele é positivo. Ele tem pneumonia que é a forma mais grave deste vírus. Por favor leia e aprenda fatos…. o CDC entre outros sites médicos tem toneladas de informações!”.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-