Criança

Menino de 2 anos é diagnosticado com invaginação após beber água sanitária na creche

Luiz Miguel foi transferido de UTI móvel para um hospital em Pernambuco

Emily Santos

Emily Santos ,filha de Maria Teresa e Francisco

Menino é internado após ingerir água sanitária na creche (Foto: Getty Images)

Luiz Miguel, de 2 anos, foi levado ao Hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso, na Bahia, na última segunda-feira (25) após ingerir água sanitária na creche onde estuda. Dois dias após o atendimento, no entanto, a criança teve que ser reencaminhada ao hospital por sentir fortes dores abdominais.

Após dar entrada no hospital no dia 27, o menino foi transferido de UTI móvel para o Hospital da Restauração, em Recife (PE), na madrugada do dia 28, de acordo com informações do G1. Hiago Gabriel Almeida, pai de Luiz Miguel, teria dito à reportagem que o estado de saúde do filho é estável.

Familiares do menino afirmaram que ele ingeriu o produto após encontrá-lo em cima de uma mesa na Creche Municipal Lar da Criança Feliz, acreditando que se tratava de água potável.

Luiz Miguel foi transferido para o Hospital da Restauração, em Recife (Foto: Reprodução/TV São Francisco)

A assessoria do hospital de Paulo Afonso se pronunciou dizendo que vários exames foram feitos no menino e que os médicos descartaram ingestão de água sanitária.

Segundo informações, o garoto teve uma invaginação, condição que ocorre quando uma parte do intestino se insere dentro de outra. O hospital afirma que este diagnóstico não tem relação com ingestão do produto.

Uma cirurgia teria sido considerada, mas descartada em seguida. Segundo o hospital, o menino já se alimenta normalmente, apesar de não ter previsão de alta.