Criança

Educação é um direito! Aprenda como exigir um desenvolvimento escolar de qualidade para o seu filho

Nossas colunistas Taís e Roberta Bento defendem que a gente precisa de um esforço conjunto pra isso acontecer

Rhaisa Trombini

Rhaisa Trombini ,Edileyne e Geraldo

(Foto: iStock)

Toda criança tem direito a uma educação de qualidade (Foto: iStock)

por: Taís e Roberta Bento são mãe e filha, embaixadoras da Pais&Filhos, e fundadoras do site SOS Educação.

Por melhor que seja a escola em que seu filho estude, ela faz parte de uma grande rede, que chega a ser maior do que a população de muitos países – a rede de educação brasileira. Isso significa que seu filho sofrerá o impacto pelos resultados gerados por essa enorme teia. Este é apenas um dos motivos pelos quais nós, pais, precisamos conhecer e acompanhar o desempenho da educação de nosso país: a educação de nossos filhos é que está em jogo!

Mais que acompanhar, devemos cobrar e agir para que nossos índices melhorem, para que nossas crianças e adolescentes tenham educação da qualidade que merecem. Você pode começar investindo um pouco do seu tempo para conhecer o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. O Ideb é um indicador nacional que possibilita o monitoramento da qualidade da educação pela população. Ele traz dados concretos, com os quais a sociedade pode se mobilizar em busca de melhorias.

Falta, contudo, envolvimento das famílias no acompanhamento de todo o processo de avaliação da educação do nosso país. Saber quais são as metas estabelecidas e que nota a escola do seu filho tem no Ideb é um primeiro passo. Sua participação dentro de casa e na escola faz toda a diferença para que nosso país possa ter índices dignos da nação que sonhamos para nossos filhos.

(Foto: iStock)

Educação vai moldar o futuro do seu filho (Foto: iStock)

Uma prova disso está no resultado obtido pela rede municipal de ensino de Atibaia, interior de São Paulo. A meta do Ideb para o Brasil é atingir a média 6 até o ano de 2022. Nos resultados do último setembro Atibaia atingiu a notável média de 7,3. Além de diversas ações colocadas em prática com muita garra e determinação, esse resultado vem do envolvimento das famílias.

“Essa conquista é muito gratificante, fruto de investimentos intensos e constantes na educação municipal e de muita dedicação da equipe da rede de ensino da cidade, desde educadores e funcionários a pais dos alunos. Todos estão de parabéns. Um detalhe importante é que a evolução do município aconteceu praticamente em todas as unidades escolares, independente de ser uma escola urbana, de zona rural ou mais afastada da região central, pois trabalhamos acreditando que todas as escolas, devem ter as mesmas oportunidades e condições”, diz a
Secretária Municipal de Educação de Atibaia, Professora Márcia Aparecida Bernardes.

Precisamos de um esforço conjunto, arregaçando as mangas e fazendo da educação um compromisso de todos nós. Temos hoje provas concretas de que o trabalho em conjunto entre família e escola é o caminho a seguir. O que estamos esperando? Para acompanhar a nota que a escola do seu filho obteve no Ideb e quais são as metas para melhorar a qualidade da nossa educação, acesse www.todospelaeducacao.org.br.

Leia também:

Em seu primeiro discurso como duquesa, Meghan Markle fala sobre educação para meninas

Virou lei! Todas as escolas terão que dar educação socioemocional para as crianças

Não tem esse papo de ‘engole o choro’: Fernanda Lima conta sobre a educação dos filhos