Minha barriga está mexendo: saiba se pode ser gravidez e como fazer parar de tremer

Se você já sentiu sua barriga mexer ou tremer, mesmo sem estar grávida, é comum que a primeira coisa que tenha passado pela sua cabeça seja uma possível gestação. Mas, calma! Te explicamos por que isso acontece e que está tudo bem com o seu corpo

Resumo da Notícia

  • É possível sentir o bebê mexendo ou chutando apenas próximo da 20ª semana de gravidez
  • Para confirmar a gestação, é essencial realizar testes e exames
  • A sensação da barriga mexer ou tremer pode ser uma resposta normal do funcionamento do intestino
  • Se a sua barriga está mexendo e você não sabe se está grávida, veja o que pode ser e o que fazer

Você já sentiu alguma vez sua barriga tremer ou mexer e suspeitou de uma possível gravidez? Apesar de ser uma sensação esquisita, esse não é um sinal de que um bebê está a caminho. Geralmente, quando a mulher está grávida, os chutes e movimentação só depois depois de alguns meses, quase no meio da gestação.

-Publicidade-

Em uma conversa com o Dr. Igor Padovesi, Ginecologista e Obstetra da USP e do Hospital Albert Einstein, colunista e embaixador da Pais&Filhos, pai de Beatriz e do Guilherme, esclarecemos por que a barriga pode mexer sem estar grávida e o que fazer para evitar essa sensação.

Mas, afinal, por que a barriga mexe ou treme sem estar grávida?

De acordo com o ginecologista, o principal culpado pela barriga tremer sem estar grávida é o intestino. “Ele é o único órgão que tem movimentação dentro do abdome, ou seja, não é estático”, explica. “Por conta do peristaltismo, a motilidade intestinal, ele se mexe – diferente de todos os outros órgão dentro do abdome”, completa.

No caso das trompas, o especialista explica que elas também possuem certa mobilidade, mas “é mínima e imperceptível”. Portanto, quando o assunto é a sensação da barriga mexendo ou tremendo, elas geralmente não são responsáveis pela situação.

Veja os motivos da sua barriga mexer sem você estar grávida (Foto: Shutter Stock)

Como aliviar a sensação de barriga tremendo ou mexendo

Como uma alternativa para diminuir a sensação dos tremores na barriga, Igor Padovesi recomenda reduzir o consumo de alimentos com uma maior quantidade de fermentação, além de bebidas com gás. Se houver muito incômodo, procure um médico para uma melhor investigação.

Quando o bebê começa a mexer na barriga

O bebê começa a mexer desde muito pequeno, mas para que a mãe de fato perceba isso pode levar algum tempo. “A mulher geralmente começa a sentir perto das 20 semanas de gestação“, comenta Igor Padovesi. “Tipicamente, não se sabe bem porquê, na segunda gestação a percepção dos movimentos acontece antes, normalmente perto das 16 ou 17 semanas”.

Como posso saber se estou grávida tocando na barriga?

Para confirmar a gestação, é necessário a realização de um teste de gravidez, exame de sangue ou ainda um ultrassom. Apenas tocando na barriga não é possível saber se está grávida. “Só quando a mulher descobre a gestação muito tardiamente que ela vai saber devido aos movimentos fetais”, explica.

Como eu sei que estou grávida?

Geralmente, segundo o ginecologista e obstetra, existem alguns sintomas que indicam a suspeita de uma gravidez como: sonolência, dor e sensibilidade nas mamas, cólica, atraso do ciclo, enjoo, falta de apetite e, eventualmente, vômitos. Após a confirmação da gestação, é superimportante fazer o acompanhamento médico e dar início ao pré-natal.

Como é a barriga de uma grávida de um mês?

Por ainda ser muito recente, no primeiro mês de gravidez a barriga pode ser quase imperceptível. Pode-se notar um pequeno inchaço, mas vale lembrar que isso não é um fator determinante para confirmar a gestação, sendo necessário a realização de testes.

Estou grávida e não sinto nada na minha barriga

Algumas mulheres podem não ter nenhum sintoma de gravidez ou perceberem que estão grávidas. Apesar de não ser a maioria dos casos, as mudanças no corpo podem levar algum tempo para aparecer, principalmente quando a gestação ainda é recente. Mas, caso você se sinta insegura, não hesite em procurar pelo aconselhamento de um especialista.

Fonte: Dr Igor Padovesi, Ginecologista e Obstetra da USP e do Hosp. Albert Einstein, colunista e embaixador da Pais&Filhos, e pai de Beatriz e Guilherme. www.igorpadovesi.com.br