Pais

Mãe encontra propósito no trabalho empreendendo e cria projeto sustentável

A maternidade transformou Ana Paula e ela saiu da zona de conforto

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

Ana Paula criou um negócio junto com o marido (Foto: reprodução/Arquivo Pessoal)

Há dez anos, Ana Paula Silva decidiu seguir um caminho diferente. A maternidade despertou na mãe a vontade de empreender e desde então ela tem perseguido esse propósito: 

“Tenho 35 anos e me tornei empreendedora após o nascimento da minha filha em 2008. Em 2009, eu e meu marido fundamos o negócio de impacto Morada da Floresta.

Como mãe, acredito que empreender foi a chance de conciliar o nobre serviço da maternidade, sem perder a independência financeira, e além disso aproveitar esse momento para me tornar uma profissional ainda melhor.

Essa fase traz várias mudanças na vida da mulher. Embora possa emergir uma série de inseguranças, essas transformações podem refletir na carreira de uma forma positiva. 

Já são 10 anos que entre erros e acertos fomos lapidando nossos produtos e processos acreditando que o progresso é melhor do que a perfeição. Desenvolvi as Fraldas Bebês Ecológicos, pesquisando e lançando no mercado matérias primas nacionais no uso das fraldas de pano modernas, desenvolvendo modelagem original inovadora com produção local.

Calculamos que a redução dos impactos no meio ambiente nestes 10 anos de trabalho ajudou a reduzir cerca de 6 milhões de fraldas descartáveis dos aterros sanitários. Desenvolvi a linha Ecoabs de produtos para menstruação sustentável, com os Ecoabsorventes.

Calculamos que, com o projeto, ajudamos a reduzir cerca de 370 mil absorventes descartáveis dos aterros sanitários, lançamos o Coletor Menstrual Ecoabs e agora estamos lançando as Lingeries Absorventes Ecoabs.

Nossa empresa atualmente tem 15 pessoas e tem parceria com empresas de costura que gera renda e empregos. No ano de 2017, lançamos uma coleção de Fraldas e Ecoabsorventes ecológicos.

Minha experiência de parto também se transformou em forma de dar suporte à outras mulheres que podem assistir um minicurso gratuito e online de construção do parto humanizado.

Acredito que quando recebemos uma criança, ela traz consigo oportunidades de prosperidade, pois é um desejo maior e universal de que ela tenha todas as suas necessidades supridas.

Por isso, aconselho as mães que estejam atentas às novas oportunidades e que confiem na construção de novos caminhos. Existe um alinhamento entre aquilo que amamos fazer e aquilo que o mundo precisa, e isso é empreender com propósito.”

Ana Paula é uma das participantes do projeto Nascer de Novo, em parceria com a Brascol, que tem o objetivo de valorizar o empreendedorismo materno. Conte sua história via direct do Instagram e participe.

Leia também:

“Queria que a minha experiência profissional e a maternidade servissem ao meu propósito”, diz empreendedora

Maternidade desperta vontade de empreender e mãe cria dois negócios próprios

Mulher que não teve a mãe presente na infância encontra um jeito de fazer diferente com os filhos