Pais

“Queria que a minha experiência profissional e a maternidade servissem ao meu propósito”, diz empreendedora

Tissiane Simões criou um negócio próprio após o nascimento da filha

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

O Dalla Mamma vende Bonecas de Pano (Foto: reprodução/Arquivo Pessoal)

A maternidade fez Tissiane Simões enxergar a carreira de forma diferente. Não se identificando mais com a correria do dia a dia, ela decidiu empreender e abriu a própria loja

“A ideia do ateliê Dalla Mamma surgiu após o nascimento da minha filha, Melissa, em 2016. Antes de ser mãe, trabalhava na área de Eventos Médicos. Eu era muito feliz na minha vida profissional. 

Mas percebi que não seria a mãe que eu gostaria de ser viajando tanto a trabalho; também não seria a profissional que eu gostaria de ser ficando longe da minha filha. Eu queria ser muito produtiva profissionalmente, mas para mim não fazia mais sentido ficar presa 9 horas por dia em um escritório ou viajar quase toda semana e ficar longe de casa. 

Queria que a minha experiência profissional e a maternidade servissem ao meu propósito de carreira. Naquele momento eu era uma pessoa muito mais completa, não teria motivo para deixar de aproveitar isso no trabalho.

O Dalla Mamma é um ateliê de costura especializado em Bonecas de Pano e produtos para crianças de 0 a 6 anos. A marca tem mais de 1 ano, com forte apelo na valorização do ‘feito à mão’ e do ‘exclusivo’. 

Cada uma das bonecas é feita por mim ou por uma costureira parceira experiente, sendo todos os detalhes muito bem trabalhados. Fazemos as bonecas de acordo com os pedidos das mães (imitando características físicas e emocionais das crianças). 

Temos diversos tons de pele e cabelo, estampas de vestidos e roupinhas. Fiquei um ano desenvolvendo o primeiro produto, a boneca de 45cm em diversas versões até fazer o lançamento da marca em março de 2018. 

Apesar de a empresa ainda ser muito nova, já tem um público que ama a marca e possuo um reconhecimento regional. Atualmente, temos 3 tamanhos de bonecas no portfólio: grandes (45cm), médias (35cm) e sensorial (12cm). 

Temos também a versão masculina, Frida, Sereia e Bailarina. O meu público é majoritariamente feminino (96%), as mães das crianças. São mulheres jovens (faixa entre 25 e 44 anos – 68%). 

São pessoas com alto grau de escolaridade, buscam os meus produtos por serem diferentes e mais exclusivos do que as bonecas do mercado tradicional. Possuem alto grau de exigência no que diz respeito à qualidade.

Sonho em me tornar autoridade em Bonecas de Pano, ter uma marca reconhecida e poder ampliar minha linha produtiva. Quero poder empregar outras mulheres, para que também sejam produtivas sem deixar de dar atenção às suas vidas pessoais e filhos.”

Ter um negócio próprio é a saída de muitas mulheres que não se sentem acolhidas ou representadas pelo mercado de trabalho. Por isso, lançamos em parceria com a Brascol o projeto Nascer de Novo, para valorizar essas iniciativas e essas mães.

Leia também: 

Maternidade desperta vontade de empreender e mãe cria dois negócios próprios

Mulher que não teve a mãe presente na infância encontra um jeito de fazer diferente com os filhos

Paixão pela maternidade faz mãe se aventurar no empreendedorismo e se redescobrir