Pais

Mulher segue exemplo dos pais e cria negócio para ensinar filhos

Ela diz que o empreendedorismo está no sangue

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

A mãe também está pensando no futuro das crianças (Foto: Getty Images)

A maternidade fez Vivian Polessa se descobrir. Ser mãe da Giovanna, de 6 anos, e do João Gabriel, de 2, abriu os olhos da mulher para o mundo e todas as oportunidades que ele oferece. 

Com o nascimento da primeira filha, ela começou a se preocupar com a questão sustentável e a ideia de que as coisas não são descartáveis, mas reaproveitadas. “Eu trouxe esse consumo consciente para a minha família”, conta. 

Essa iniciativa se tornou um hábito e as crianças também foram incluídas nesse processo. Atualmente, percebendo a mudança de mentalidade dos menores, tem orgulho do caminho que construiu. 

A vontade de viver a maternidade intensamente sempre foi tão forte na vida dela que optou por deixar o trabalho tradicional após realizar. “Eu abri mão de empregos em que eu era extremamente bem sucedida para estar com eles, e hoje eu colho frutos maravilhosos”, explica. 

Isso porque ela viu no empreendedorismo a chance de conciliar essas duas missões de vida. Vivian vem de uma família de empreendedores e sempre viu o negócio como algo natural. 

O site Antes de Mim, um brechó online feito para as mães desapegarem das peças que os filhos não usam mais, foi o empurrãozinho que precisava para seguir essa trilha: “O espaço é muito acessível, e isso é ótimo para nós, mães, que temos um tempo curto para estar fazendo outras coisas”. 

Ela comenta que a motivação diária é ver um sorriso satisfeito no rosto de outras pessoas e poder ensinar os filhos: “Mostrar que através disso, eu cuido deles, nós temos recursos financeiros e podemos abençoar outras pessoas”. 

Além de poder desapegar fazendo uma renda extra, ela gosta da parte pensada para as mães trocarem experiências, chamada Confissões. Anonimamente, você pode desabafar sobre a maternidade e ler outros relatos. 

“É uma forma de abraçar as mães”, elogia. Querendo espalhar esse amor nas vendas, ela escolheu o significado dos filhos na vida como nome da loja: “Ser de Luz”. Assim, consegue exercer sua prioridade, ser mãe. 

“Eu me sinto muito feliz e realizada. Sou apaixonada pela maternidade e pelo empreendedorismo”, finaliza. Conheça os desafios e prazeres de ter um negócio próprio, criando a sua loja aqui

Leia também:

Como construir uma relação saudável com o seu filho?

Consumo consciente é caminho para o futuro e mãe faz o teste

Mãe fala da experiência como empreendedora de brechó online