Bebês

Mulher da à luz no metrô de São Paulo com a ajuda de funcionários

Samuel veio ao mundo no domingo, dia 7 de julho

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Já nasceram mais de 20 bebês no Metrô (Foto: reprodução / instagram)

No terça feira, dia 9 de julho, o Instagram oficial do Metrô de São Paulo publicou uma foto que deixou os seguidores intrigados. Eles contaram sobre um caso que rolou no último domingo: um bebê nasceu na estação Bresser-Mooca, na Linha 3-Vermelha. O parto feito com o auxílio de funcionários do Metrô e com a ajuda de passageiras e, ainda bem, deu tudo certo! 

O nome escolhido pela família foi Samuel e por incrível que pareça ele não foi o primeiro bebê a nascer no subterrâneo de São Paulo. Na verdade, esse tipo de parto já aconteceu outras 24 vezes. Dá para acreditar? Na legenda do post, o perfil do metrô contou a novidade e escreveu: “Este é o Samuel, o 25o bebê que já veio ao mundo de Metrô. O parto foi realizado com sucesso com auxílio de funcionários do Metrô e passageiras na noite de domingo (7) na estação Bresser-Mooca, na Linha 3-Vermelha. Desejamos muita saúde ao Samuel e à mamãe!”. Olha só:

Samuel nasceu no Metrô de São Paulo (foto: Reprodução / Instagram)

Os seguidores adoraram a novidade e comemoraram a chegada de Samuel. “Parabéns a equipe do metrô! Vocês são sinônimo de segurança, socorro e auxílio. Que bom ter pessoas assim p atender todo tipo de situação e pessoas. Quando minha filha vai de metrô sempre oriento: ‘Procure o rapaz de metrô perto da catraca, só aceite informações dele’. Coração de mãe, né?”, escreveu uma delas. “Uau! Que ato de amor ! Parabéns aos envolvidos”, disse outra.

Será que ele vai ter passes ilimitados de metrô? 

No início de junho, em um metrô de Dublin, na Irlanda,  uma mulher deu à luz a uma menina no trem. A situação foi percebida quando uma funcionária da empresa, Emma Tote, escutou gritos perto do banheiro e foi em busca de ajuda. Por sorte, no vagão estavam duas enfermeiras e um médico que então, perceberam que a mulher estava em trabalho de parto e se prontificaram a ajuda-lá. Deu tudo certo e ainda para a surpresa de todos, a companhia de trem, Ianród Éireann, informou que a empresa daria passagens de graça a menina até completar 25 anos, pelo fato de ter nascido em um dos seus trens. Legal, hein?

Leia também: 

Atenção, grávidas: as novas regras para parto normal e cesárea começam a valer a partir de hoje!

Menino que morreu no Metrô foi atropelado 4 minutos depois de se perder dos pais