Os momentos em família podem fazer toda a diferença nos estudos do seu filho

Nossas embaixadoras Roberta e Taís Bento explicam que manter a família reunida como nos velhos tempos pode gerar muitos benefícios para o seu filho

Família reunida é a receita mais simples, divertida e gostosa! (Foto: Shutterstock)

É possível tornar a reta final do ano letivo mais leve para todos, retomando um hábito da infância que nós, os pais, tivemos. Você consegue se lembrar de como eram as noites em família quando você era criança? Mesmo que vocês sejam pais jovens, ainda pegaram o tempo em que havia uma televisão na sala de casa. E ali todos se reuniam no final do dia para assistir juntos a algum programa.

Não se iluda, não era o que vocês assistiam que fazia a diferença. A TV era só a desculpa. Todos olhando na mesma direção, respeitando as diferenças de gosto, focados em um só ponto, criando oportunidades para conversar sobre um assunto que incluía todos os membros da casa. É evidente que um mesmo programa não era o favorito de todas as pessoas.

Em algumas casas, a regra era assistir juntos ao jornal da noite. Muitas das habilidades que você, pai ou mãe, desenvolveu vieram de momentos como esse. E muito do sufoco que você passa com seu filho hoje na relação com os estudos vem da falta de oportunidades como as que você teve: de aguentar firme ali, mais pela companhia do que pelo programa, de aprender a ouvir, de sentar perto de seus pais e só curtir o momento. Não precisa replicar a cena tendo a TV como centro das atenções.

Mas precisa replicar a cena sim. Intercale o foco de todos na televisão pelo que você quiser: pode ser um livro, um jogo de tabuleiro ou pode ser cada um da família contando seu maior desafio e a melhor parte do seu dia. Pode ser qualquer coisa, desde que o lado de cá esteja presente: os responsáveis, os filhos, os ouvidos, o respeito, a vontade de dividir com a família algum momento depois de um dia corrido.

A foto que você fizer da sua sala hoje explica parte da falta de paciência que seu filho tem com os colegas de escola, a baixa capacidade de se concentrar na hora da tarefa, a falta de assunto com vocês na mesa das refeições. Não está faltando TV, está sobrando aparelho pela casa! Não está faltando programação para a família, está sobrando programa para cada faixa etária, para cada gosto, para cada sexo, para cada noite tão cheia de compromissos que sobraram do dia.

Que tal voltar a reunir a família na sala de casa e passar deliciosos momentos junto com seus filhos? Conviver com os colegas da escola e com os professores será bem mais legal quando nossos filhos souberem que o mundo real é assim. Alguns dias mais divertidos, outros nem tanto. Mas todos os dias com a presença do carinho da família, com olho no olho e papo gostoso sobre assuntos leves.

Que os cliques, pausas e fones de ouvido fiquem para outros momentos do dia, quando a família ainda não se reuniu na sala de casa. E que todos os dias terminem com gostinho de quero mais: mais gente, mais carinho, mais aconchego do lar!

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

 

Leia também:

Criança não vai bem na escola e mãe encontra o melhor jeito de incentivar os estudos:”Você consegue”

Semana Mundial do Brincar: 235 atividades diferentes em todo Brasil para fazer com seu filho

10 ideias para um final de semana divertido em família