Criança que perdeu 40% do crânio retorna às aulas: “É um milagre que tenha chegado tão longe!”

A criança realizou tratamento intensivo com fisioterapia

(Foto: Reprodução/UOL)

O ano letivo nos Estados Unidos vão começar essa semana! Muitos pais estão animados, mas não tanto como a família de Joseph. Isso porque Ann Marie e Joseph Federico Sr. jamais cogitaram a ideia do filho acompanhar as aulas com outras crianças.

-Publicidade-

“Ele tem uma atitude muito positiva diante de toda essa situação. Imagine um dia acordar sem poder mexer metade do seu corpo, sem poder falar. E ele nunca chorou, nunca perguntou por que isso teve de acontecer com ele. Todas as manhãs ela acorda com um sorriso no rosto”, relatou Ann Marie em entrevista para a BBC News Brasil.

O colégio que Joseph começará frenquentar possibilita os 140 alunos a receberem cuidados médicos e uma gama de tipos de terapias, sendo receitadas de acordo com as necessidades das crianças. Apesar do jardim de infância Mt. Pleasant-Blythedale estar localizada dentro do hospital, o currículo escolar não difere muito das outras escolas publicas do Estado.

-Publicidade-
(Foto: Reprodução/UOL)

Um ano atrás, Joseph sofreu um aneurisma cerebral, pouco antes de completar 4 anos de idade. Para que pudessem reverter o quadro, a criança teve que ser submetida a oito cirurgias, sendo que em uma delas os médicos tiveram que retirar 40% do seu crânio. “A cada três dias, à medida que seu cérebro se recuperava e encolhia, ele tinha de ser submetido a uma nova cirurgia para retirar o excesso de pele”, contou a mãe.

O cérebro dele estava muito inchado e por isso, os médicos decidiram retirar parte da caixa craniana. Dessa forma, ele poderia se recuperar sem agravar os danos. Assim que aconteceu essa tragédia, o menino teve que ficar em coma por duas semanas e teve que ser submetido a uma traqueostomia para respirar.!

Joseph ainda teve o lado esquerdo do seu corpo paralisado. Além, disso teve que reaprende a falar, andar e se alimentar. Mas, apesar das dificuldades, a disciplina e determinação impressionaram todos que acompanharam o caso.”Ele sofreu um sangramento devastador. É um milagre que tenha chegado tão longe”, disse a médica Kathy Silverman.

Leia também:

Bebês prematuros viram super-heróis em hospital e emocionam os pais 

Antes de morrer, menino resiste ao câncer por 6 semanas por um motivo que vai te surpreender

Educação é um direito! Aprenda como exigir um desenvolvimento escolar de qualidade para o seu filho

-Publicidade-