Bebês

Útero duplo faz mãe dar à luz gêmeos com apenas 3 meses de diferença e impressiona médicos

O caso acontece em um em 50 milhões e foi o primeiro registrado no Cazaquistão

Letícia Vaneli

Letícia Vaneli ,filha de Alcides e Eugênia

(Foto: Reprodução/ Mirror)

Gêmeos nasceram em Usalsk, no Cazaquistão. Esse tipo de gestação não é tão incomum, mas o que surpreende é a diferença de idade entre eles não ser de minutos. O impossível aconteceu: Liya, nasceu prematura de 25 semanas no dia 5 de maio, enquanto Maxin nasceu esse mês, 10 de agosto. Assim, a diferença são de 11 semanas!

Mas como isso é possível? Simples, os bebês não dividiram os nutrientes no mesmo espaço. De acordo com os médicos, Liliya Konovalova, mãe das crianças, possui dois úteros e ela só descobriu isso durante o trabalho de parto. A condição é conhecida como útero didelfo e possibilitou cada feto se desenvolver separadamente. “Meu filho não estava com pressa de vir ao mundo”, brincou Liliya em entrevista ao jornal britânico Mirror.

“Eu fiquei chocada quando soube desta condição e também fiquei muito preocupada com minha filha por ter nascido tão prematura. Mas os médicos foram ótimos e cuidaram muito tem dela no hospital. Ela está muito bem agora!”, agradeceu.

O ministro da saúde, Eset Yeralin, afirmou que esse é o primeiro caso do país e que as chances são de 1 em 50 milhões! “Nos aprendemos sobre essa condição quase que instantaneamente, durante o primeiro parto, então os nossos especialistas cuidaram do segundo.” Seria Liliya uma sortuda?

A mãe ficou internada junto com a filha prematura até o nascimento do outro gêmeo. Todos passam bem e já estão em casa curtindo a maternidade. Vale lembrar que a família tem uma outra criança de 7 anos e tudo ocorreu bem durante o parto.

Leia também:

Mãe faz relato sobre filhos “gêmeos” que nasceram com 1 mês de diferença e história é emocionante

Mãe dá à luz gêmeos de cores diferentes em caso raro: “Fiquei muito surpresa” 

Gêmeos idênticos assumem a paternidade da mesma criança e história é de dar nó na cabeça