Criança

Mãe descobre morte do filho de 10 anos em grupo de WhatsApp

Que dor descobrir sobre uma tragédia desta forma!

Giovanna de Boer

Giovanna de Boer ,filha de Karen e Christiano

Artur tinha 10 anos (Foto: Reprodução/ The Sun)

Um menino de 10 anos estava brincando próximo da casa em que morava com uns amigos e acabou encostando em um cabo de alta tensão exposto, deixado por trabalhadores de construção civil e morreu em Novosibirsk, na Rússia.

Segundo informações do tabloide Mirror, a criança identificada como Artur era nova no bairro e sofreu um choque de 13 mil volts. A família do menino tinha se mudado para região cinco dias antes do ocorrido. A mãe, Valentina, descobriu o acidente depois de ter entrado no grupo da vizinhança no WhatsApp.

A mãe viu uma mensagem dos vizinhos comentando sobre a morte do garoto que saiu para brincar no bairro. “Ninguém me contou. Eu vi o que aconteceu ao meu filho no grupo. Nos mudamos há cinco dias e ele não conhecia nada da área. Ele fez amigos há alguns dias e eles estavam brincando lá fora”, afirmou Valentina.

A polícia local abriu uma investigação para identificar os culpados pelo acidente. Casos de negligência podem render sentenças de 10 anos para o culpado, de acordo com a lei russa.

“Foi estabelecido que a vítima encostou em uma pilha de lixo de uma construção que continha um cabo de alta voltagem. Devido ao contato, ele morreu imediatamente”, afirmou um investigador em um comunicado à imprensa.

Como uma forma de prestar auxilio à família de Artur, os moradores levantaram dinheiro para o funeral do garoto.

Criança em casa, atenção redobrada! Saiba como evitar acidentes domésticos

Acidentes domésticos são algo que quase nunca imaginamos que possa acontecer com a gente. Mas dá para prevenir algumas dessas situações com medidas simples que te mostramos aqui.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 6 mil crianças são vítimas de acidentes domésticos a cada ano, que são as principais causas de mortes e ferimentos na infância. Pensando nisso, o Corpo de Bombeiros divulga orientações de cuidados que os pais precisam ter.

Móveis

– Proteger quinas de mesas, estantes e cadeiras.

Cozinha

– Manter a tampa de vidro do fogão abaixada quando não estiver usando.

– Produtos inflamáveis e de limpeza devem ser mantidos longe das crianças.

Banheiro

– Não deixe a criança sozinha na banheira: mantenha tudo o que você precisar à mão antes de o banho começar.

– Os banhos de chuveiro precisam ser sempre acompanhados, sem esquecer-se do tapete emborrachado.

Quarto

– Verificar a indicação da faixa etária e a existência de selo do Inmetro quando for comprar algum brinquedo.

– Manter o berço livre de objetos que possam servir de apoio para o bebê escalar e conseguir sair.

Na casa

– Usar protetores na tomada.

– Nunca deixar o ferro ligado com o fio desenrolado e ao alcance das crianças.

– Facas, tesouras, chaves de fenda e outros objetos de ponta nunca devem estar ao alcance das crianças.

– Em casas que tenham piscina, deve ser colocada uma tela de proteção ou grade em volta da piscina. Toda vez que ela criança for nadar, nunca deve deixar de usar boias.

– Grades ou redes de proteção devem estar nas janelas para evitar quedas.

– As escadas devem ter corrimão e o piso deve ser antiderrapante.

*Com informações do portal do Corpo de Bombeiros do Estado de Minas Gerais

 

Leia também:

Neto de Lula: causa da morte do menino é divulgada e choca por não ser meningite

Goleiro Elisson anuncia a morte do filho de 6 anos, Lucca

Bebê com morte cerebral ressuscita e surpreende toda a equipe médica