Criança

Mãe faz alerta após filha se machucar gravemente em pula-pula

Monique foi diagnosticada com virose, mas a mãe sabia que algo estava errado

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Você sabia que a cama elástica pode ser perigosa? (Foto: Getty Images)

Uma mãe fez um alerta muito importante em suas redes sociais sobre os perigos de uma cama elástica.

Após a filha Monique passar a tarde brincando no pula-pula, no dia seguinte ela começou a vomitar e reclamar de dores no estômago e nas costas.

A mãe, Cristiane, a levou ao hospital e diagnosticaram sua filha com virose. Monique foi medicada e voltaram para casa. Nos dias seguintes, ela continuou com os mesmos sintomas, sem apresentar melhoras. A família correu para outros hospitais e todos prosseguiam com o mesmo diagnóstico: virose.

Cristiane contava aos médicos sobre o episódio da cama elástica, porém todos diziam que Monique tinha apenas uma virose forte e que o brinquedo não tinha nada a ver. A menina foi internada, com suspeitas de gastrite. Passou por um exame de ultrassom, sem sucesso da dor passar.

Um dos médicos pediu uma tomografia, causando uma reação alérgica em Monique, que foi medicada com antialérgico. Porém, a mãe não obteve o resultado dos exames. “Fiquei louca, só queria saber o resultado. E nada deles falarem. Tava ficando desesperada”, ela escreveu nas redes sociais.

Cristiane compartilhou a foto da coluna da filha em seu Facebook (Foto: Reprodução / Facebook Cristiane Lima)

Na quinta-feira, uma médica encaminhou a tomografia de Monique para um ortopedista, que pediu outros exames de sangue, de Raio-x e uma ressonância magnética. Os resultados foram certeiros: Monique teve um abaulamento discal. Por conta dos pulos na cama elástica, a menina teve uma lombalgia que, por muito pouco, não atingiu a hérnia de disco.

Monique foi encaminhada para um neurocirurgião, mas felizmente não precisou passar por uma cirurgia. Os médicos disseram para Cristiane que nunca tinham ouvido falar dos riscos que uma brincadeira que toda criança gosta poderia causar esse tipo de situação. “Nem eu sabia. Sei que estamos sujeitos a todos os tipos de riscos, porém que fique o alerta”, ela completou em seu relato.

A história de Cristiane viralizou, com mais de 24 mil comentários e cerca de 108 mil compartilhamentos nas redes sociais.

Leia também:

Bebê na cama elástica: diversão ou perigo?

Criança engole 13 ímãs de brinquedo e mãe faz alerta no Facebook

Sempre alerta: menina de 8 anos tem rosto ferido por linha de pipa com cerol