O que aprendemos com os filhos durante essa quarentena? Um novo olhar para a relação entre pais e filhos

Não está sendo um período fácil para ninguém, mas esse momento pode ser encarado como uma oportunidade de reforçar o vínculo e construir memórias em família. Essa troca vai trazer frutos para além da pandemia

Resumo da Notícia

  • Estamos vivendo um momento muito diferente de tudo o que imaginamos
  • Mas essa fase pode ser uma oportunidade de ficar mais perto do seu filho e aprender muito com ele
  • Pensando nisso, fizemos um bate-papo em parceria com a Tang
  • Conversamos sobre os aprendizados das mães na quarentena
Podemos enxergar esse período difícil como uma oportunidade de estar mais unidos com os filhos (Foto: Shutterstock)

Estamos vivendo um momento muito diferente de tudo o que imaginamos. Sabemos que não está fácil para ninguém! Muitos pais estão encontrando dificuldades para equilibrar o trabalho e o cuidado com os filhos. Mas calma: podemos estar separados fisicamente, mas nunca fomos tão próximos. E se a gente olhar para essa situação de uma forma um pouco mais leve? Já pensou que esse tempo de transformação pode ser encarado como uma oportunidade de ficar mais perto do seu filho, estar presente (de verdade!) no dia a dia dele e ter novos aprendizados? Essa fase está trazendo para dentro de cada um de nós um jeito novo de criar vínculos e memórias em família.

-Publicidade-

Foi pensando nisso que há alguns dias, fizemos um bate-papo em parceria com Tang para descobrir o que as mães e pais estão aprendendo com os filhos durante a quarentena. Mediado pela nossa editora-executiva Andressa Simonini, filha de Branca Helena e Igor, a conversa teve a participação da psicóloga Daniella Freixo de Faria, mãe de Maria Luisa e Maria Eduarda, Magda Figueiredo, educadora parental e atriz, mãe de Matias, Fernanda Alfano, influenciadora e mãe de Rafael e Felipe, e Amanda Pereira, empresária, comunicadora e mãe de Jorginho.

A quarentena também é um momento de aprendizado entre a família (Getty Images)

No bate-papo que durou mais de 1 hora (mas poderia ter rendido até mais!), Daniela começou explicando que esse período nos permite trazer uma postura mais humilde e de acolhimento, e que isso é muito bonito de ensinar para as crianças. Ela não nega as dificuldades com as mudanças e entende que está em uma posição privilegiada, mas defende que também é possível enxergar o momento de uma forma positiva. “Aqui em casa fizemos uma descoberta maravilhosa de que funcionamos muito bem como time”. Andressa também falou sobre as novas oportunidades de criar conexões, mesmo em meio à pandemia. Afinal, estamos distantes fisicamente, mas nunca estivemos mais unidos por um propósito maior. “É legal olhar para frente, mas também é importante olhar para o presente”, explica.

-Publicidade-

Esse foi justamente um dos aprendizados que Magda teve com Matias: o fato de viver o agora e aproveitar o momento. “É muito interessante a facilidade com que a criança aprende tudo. É muito mais simples, ela tira de letra, os neuróticos somos nós”, brinca. Com essa aproximação, ela e o filho conseguiram aproveitar a companhia um do outro, entendendo a importância de estar ali, presente para a criança, de verdade. “Eu achava que tinha uma conexão com o Matias antes, mas descobri agora como é estar conectado com ele de fato”, completa.

Magda Figueiredo, mãe de Matias, conta que agora descobriu “como é estar conectada de fato” com o filho (Foto: Shutterstock)

Fernanda destacou que o momento está sendo uma oportunidade de se reencontrar, em todos os sentidos e áreas, e assim como Magda, tem os filhos como exemplo pela facilidade de se reinventar. “A quarentena nos trouxe para dentro da família de novo, vivendo isso intensamente e de forma tão rica”, afirma. Amanda concorda com essa questão e acrescenta: “As memórias que estamos construindo como família são o tesouro desse grande desafio”. E a gente está torcendo para que elas durem muito mais do que a pandemia.

“Um dos principais pontos para aprender é que não temos nada como garantido, o que traz um respeito pelas relações e tudo que compõe nossa vida”, comenta Daniela. Para a psicóloga, estamos começando a reorganizar uma vida que não vai deixar por último ou de fora a conexão e essa é uma mudança extremamente positiva. Todas as entrevistadas concordaram que é um período de incertezas e medo, mas que nos convoca a refletir para construir um mundo melhor, começando dentro de cada casa. Você pode conferir a live completa a seguir:

O que aprendemos com os filhos durante a quarentena?

Esse novo momento pode ser uma oportunidade de estar mais perto dos filhos e criar vínculos e memórias em família. Vem assistir ao bate-papo com a psicóloga Daniella Freixo, mãe de Maria Luisa e Maria Eduarda, e conta pra gente o que você aprendeu com seu filho nessa quarentena! #AprendiComMeuFilho #TangemFamília

Posted by Revista Pais&Filhos on Wednesday, May 13, 2020

Tang é uma marca parceira das mães, pais e responsáveis que há 45 anos está presente no dia a dia das famílias brasileiras.  “A campanha #AprendiComMeuFilho foi um convite da marca para trazer leveza a esse período tão desafiador que estamos vivendo e, de alguma maneira, exercitar  o nosso propósito, que é o de ajudar na preparação das crianças para um futuro melhor todos os dias” nos contou Tamara Kulb, diretora de marketing de Tang e mãe de Rafael e Gabriela, que nessa quarentena também aprendeu com as crianças: “Aprendi a olhar mais para o hoje e agradecer pelos pequenos momentos que a convivência ainda mais próxima com os filhos nos trouxe: o sorriso deles ao almoçarmos e jantarmos juntos, a “liberdade” deles de preparar e cozinhar o cardápio do dia, o olhar mais positivo e ingênuo sobre as adversidades nesta época de quarentena. Enfim, reaprendemos a conviver de verdade, todas as horas do dia”, completou.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!