Saúde

Pesquisadores descobrem técnica que facilita a escolha do sexo do bebê

O estudo foi realizado a partir da analise de espermatozoides portadores dos cromossomos X e Y

Letícia Rafael

Letícia Rafael ,filha de Alcides e Eugênia

Pesquisa estudou a diferença entre os cromossomos X e Y (Foto: Shutterstock)

Tudo indica que agora é possível escolher o sexo dos bebês. A descoberta é de cientistas chineses que realizaram a pesquisas em camundongos e afirmaram que o estudo já está apto para ser testado em humanos.

A pesquisa foi publicada na revista Public Library of Science na última terça-feira, 13 de agosto. Os responsáveis afirmaram que a técnica simplificariam a seleção do sexo do bebê durante a fertilização in vitro.

Masayuki Shimada, um dos realizadores da pesquisa, afirmou que o estudo consiste na analise do tamanho dos cromossomos X e Y. O artigo afirma que os cromossomos X contêm mais genes comparados aos cromossomos Y, além de produzir tipos diferentes de proteínas.

Com essas afirmações, os cientistas notaram que quando uma quantidade de espermatozoides foram expostos ao medicamento Resiquimod, a porcentagem do que nadam até o óvulo diminui, além da velocidade que é reduzida.

Com essas mudanças, eles notaram que apenas os espermatozoides portadores do cromossomo X eram afetados. Além disso, ressaltaram que o procedimento não alterou a capacidade do gameta fecundar o óvulo.

Por questões éticas é preciso que sejam cautelosos com a manipulação, apesar dos testes poderem ser realizados em humanos.

Leia também:

Pesquisa prova o quanto leite de doadoras ajuda no desenvolvimento de bebês prematuros: “É bom igual o da mãe”

Pesquisa choca ao dizer que engravidar usando anticoncepcionais é mais normal do que parece

Pesquisa revela que a maioria dos pais não sentem culpa por usar o celular como “babá”