Relato de mãe: “Minha amiga parou de falar comigo após eu me recusar a amamentar o bebê dela”

Em um relato anônimo no Reddit, uma usuária desabafou sobre a situação e disse que se sentiu mal após ser humilhada pela amiga

Resumo da Notícia

  • Uma mãe anônima compartilhou um relato no Reddit após sua melhor amiga pedir que ela amamentasse seu bebê recém-nascido
  • Na publicação, ela conta que estava sendo a rede de apoio da amiga e acompanhando cada momento da gestação
  • Quando o bebê nasceu, a amiga não conseguia amamentar e não queria dar fórmula para o filho
“Minha melhor amiga brigou comigo depois que eu me recusei a amamentar o filho dela” (Foto: Getty Images)

Uma mãe anônima compartilhou um relato no Reddit após sua melhor amiga pedir que ela amamentasse seu bebê recém-nascido quando ela ainda estava no hospital. Leia o relato na íntegra:

-Publicidade-

“Eu sou mãe de 4 crianças e amamentei meus filhos mais velhos durante 1 ano e, atualmente, estou amamentando meu filho de 10 meses. Quando minha melhor amiga descobriu que estava grávida no ano passado, nós ficamos muito felizes. Ela começou a me perguntar todo tipo de coisa sobre gravidez, nascimento, quais produtos para bebê eu recomendava, creches, etc. Ela contou que queria muito amamentar, mas estava nervosa. Eu disse que estaria ao lado dela para oferecer o máximo de apoio e conselhos. Ela não tem família na cidade e o pai do bebê não se importa com ela.

No dia do parto, ela me pediu para estar na sala de parto. Assim que o bebê nasceu, todas as enfermeiras a incentivaram a tentar amamentar imediatamente. Ela tentava colocar o bebê no peito e ele só gritava. Eu tive o mesmo problema com meu caçula, então disse que ela só precisava continuar tentando.

-Publicidade-

Voltei no hospital no dia seguinte e ela disse que o bebê chorou a noite toda e não conseguia mamar. Eu sugeri que ela usasse um protetor de mamilo que me ajudou com meu primeiro filho. Nós tentamos por um tempo e não tivemos sorte. O médico já estava preocupado porque o bebê estava perdendo muito peso. Ele sugeriu que ela completasse a amamentação com fórmula, mas ela é completamente contra e diz que é um veneno.

Então ela me pediu para amamentar o filho dela. Eu fui tão surpreendida que acho que fiz uma careta no momento. Eu disse a ela que simplesmente não estava confortável com essa situação e, mesmo que se eu fizesse isso, o que ela faria depois que eu parasse de amamentar? Ela precisaria ir em frente e continuar com a fórmula.

Ela ficou furiosa comigo. Gritou para eu ir embora, porque eu não serei útil e ela não conseguia acreditar que eu não ajudaria minha melhor amiga. Eu fui embora, mas me senti muito mal quando cheguei em casa. Fiquei pensando se eu deveria ajudá-la. Até tentei mandar uma mensagem para ela, mas não tive resposta. Eu estou sendo injusta?”

Os usuários da rede social deram muito apoio para a mãe nos comentários e insistiram que ela não estava sendo injusta. “Sua amiga é uma ignorante! A fórmula salva gerações de crianças que poderiam morrer de fome!”, comentou uma seguidora. “Ela não tem direitos sobre você ou sobre seu corpo e você não tem obrigação de cuidar do filho de outra pessoa”, aconselhou outra usuária. “Não é sua responsabilidade amamentar o filho dela. Sua amiga não está sendo nada racional”, disse outro seguidor. “Ela está pedindo que você atravesse um limite que não foi discutido anteriormente. Eu sei que ela deve estar exausta e estressada, mas isso não significa que você precisa ceder a essa condição”, disse outra usuária.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-