Casal desaparecido no Ceará deixa seis filhos: “Tudo o que eu quero é ela de volta”

Desde sexta-feira, Leidiane de Sousa Vieira, de 32 anos, e Carlos Vinícios de Sousa, de 40 anos, estão sumidos após saírem de casa em Maracanaú, região metropolitana cearense

Resumo da Notícia

  • Leidiane e Carlos Vinícios desapareceram no dia 11 de setembro na cidade de Maracanaú, Ceará
  • A última vez que eles foram vistos foi ao de saírem de casa a caminho da festa de aniversário da filha
  • O casal era feliz e não apontava nenhum sinal de violência para com o outro

Leidiane de Sousa Vieira, de 32 anos, e o marido Carlos Vinícios de Sousa, de 40 anos, completam 6 dias desaparecidos no Ceará. Segundo o G1, o casal saiu de casa em Maracanaú, em Fortaleza, e desde então ninguém mais os viu. Eles têm seis filhos, que aguardam notícias e o retorno dos pais.

-Publicidade-

O vendedor de lanches, Carlos, saiu da residência na tarde de sexta-feira e segundo os familiares, ligou para a mulher alegando ter sofrido um acidente de carro. Preocupada, a dona de casa foi atrás dele para ajudá-lo. Em segurança, os dois voltaram para a casa, mas logo depois, saíram novamente e não retornaram desde então.

No dia seguinte, sábado, 12 de setembro, um boletim de ocorrência sobre o sumiço do casal foi registrado, colocando a polícia cearense para investigar o caso, que ainda não divulgou possível motivo do desaparecimento.

-Publicidade-
O casal está desaparecido há 6 dias (Foto: Reprodução/ G1)

Carlos e Leidiane têm 3 anos de casados e seis filhos, cinco de relacionamentos anteriores e o caçula, de 1 ano e 6 meses, do atual.

A artesã e mãe de Leidiane, Maria Lucileuda Dantas de Sousa, pede por ajuda de qualquer um que tenha visto a filha ou o genro. “Qualquer pessoa que tenha visto, por favor, mostre para as autoridades competentes, para as pessoas que podem chegar lá, para tirarem ela e trazerem para mim. Tudo que eu quero é minha filha perto de mim”, disse ao portal.

O aniversário

Sexta-feira à noite, foi o aniversário de um dos filhos do casal, que aconteceu na cidade de Pacajus, na grande Fortaleza, na casa da avó, Maria Lucileuda. Segundo ela, o casal era feliz e se amava, além de serem ótimos pais. Nunca mostraram nenhum sinal de violência para com o outro, confirmou a artesã.

“Nós estávamos esperando ela (Leidiane), para comemorar o aniversário de uma das minhas netas. Ela estava fazendo as unhas e recebeu a ligação dele (Carlos), dizendo que tinha sofrido um acidente. Ela foi à procura dele, de moto. Eles chegaram em casa. Ela deu de mamar ao neném, e pediu para a outra filhinha cuidar dos irmãos e saiu. E até agora nenhuma notícia, nada, nada”, reforçou a avó.

-Publicidade-