Família

Atriz posta desabafo sobre ser mãe solo: “Deixem a gente em paz!”

Mariah de Moraes postou um enorme texto em suas redes sociais

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

"Deixem a gente em paz", desabafou a atriz em seu Instagram (Foto: Reprodução / Instagram @mariahdemoraes)

“Deixem a gente em paz”, desabafou a atriz em seu Instagram (Foto: Reprodução / Instagram @mariahdemoraes)

A atriz Mariah de Moraes, conhecida como Mariah Rocha, costumava apresentar o programa matinal “TV Globinho”. Ultimamente Mariah está afastada das telas, mas mobiliza muitos seguidores em suas redes sociais.

Mãe solo do João Pedro, de 9 anos, Mariah desabafou em seu Instagram sobre os deveres entre homens e mulheres na criação dos filhos. Em uma foto sozinha, a atriz reflete sobre os papéis desiguais e também sobre mulheres que carregam toda a responsabilidade de criar os filhos.

(Foto: Reprodução / Instagram @mariahdemoraes)

“Meu príncipe”, ela se declara para o filho João Pedro. (Foto: Reprodução / Instagram @mariahdemoraes)

“Ninguém quer ser mãe solo. Não é motivo de orgulho pra nenhuma mulher. Não as que eu conheço. Geralmente, envolve uma incapacidade paterna, que pode ser por muitas razões, e a mãe acaba sobrecarregada”, começa.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), existem 5,5 milhões de crianças que não possuem o nome do pai em sua certidão de nascimento e mais de 80% das crianças têm uma mulher como primeiro responsável.

Mariah segue seu texto falando sobre como as mulheres estão sobrecarregadas e cansadas de se sentirem dessa forma por terem que carregar essa obrigação por conta própria: “Não devo ganhar uma estrela no meu nome por fazer algo que é minha obrigação e direito dele. Cuidar do meu filho com responsabilidade, amor e afeto é meu dever e direito dele. Bem simples assim. Mas a responsabilidade solo disso às vezes é muito exaustiva”.

(Foto: Reprodução / Instagram @mariahdemoraes)

(Foto: Reprodução / Instagram @mariahdemoraes)

A atriz desabafou sobre como o mundo da maternidade é cruel com as mães que, com apenas um deslize, têm seus erros apontados a todo momento.