Criança

Estudo promete fazer crianças pararem de fazer xixi na cama em 7 dias

A pesquisa foi feita pro Alicia Eaton, especialista em enurese noturna

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

A enurese noturna atinge cerca de 15% das crianças com mais de 5 anos (Foto: iStock)

Existe uma estimativa de que cerca de 750 mil crianças no Reino Unido fazem xixi na cama durante a noite. O problema é comum com 15% das crianças com 3 anos de idade e 3% das crianças com 7 anos que ainda molham a cama. Alicia Eaton, especialista que trabalha com questões como as dessas crianças, diz ao Daily Mail que costuma usar alguns métodos para que elas não façam mais isso.

No livro “Pare de fazer xixi na cama durante 7 dias”, Alicia fez um guia passo-a-passo para ajudar as crianças a superar esse problema. No guia, ela compartilha 19 regras que prometem ajudar as crianças a deixarem de fazer xixi na cama em 7 dias. Confira algumas delas abaixo.

1. Mantenha um diário
Alicia diz que os pais devem começar registrando os padrões de comportamento do filho. “É importante saber quantas vezes o filho fez xixi, que horas, qual foi o dia, se o dia foi agitado na escola, se existe algum fator causando ansiedade como lição de casa, o que ele comeu e o que ele bebeu”, ela diz ao Daily Mail. Entender o hábito da criança ajuda a resolver o problema.

2. Esvazie a bexiga
Isso envolve ir ao banheiro duas vezes antes de ir dormir. “É preciso que a criança esvazie completamente a bexiga antes que ela vá deitar”, ela diz.

3. Mude os hábitos de consumo
Alicia diz que não é a favor de restringir certas bebidas para as crianças, mas que é preciso lembrá-las de se hidratarem. “Algumas crianças podem fazer mais xixi caso bebam coisas mais açucaradas, como sucos ou refrigerantes. É importante que elas também tomem bastante água sempre que possível”, ela explica.

4. Mudança de hábitos alimentares
Comer determinados alimentos pode afetar a bexiga. Frutas à base de água, como morangos, melões e melancia, tem efeito diurético no corpo, o que significa que eles incentivam a “expulsão” de água. Alicia também diz que comidas com muito trigo podem inflamar a bexiga e fazer com que as crianças sintam a necessidade de beber alguma coisa.

5. Proteção
Tenha sempre algumas roupas de cama extra, assim como uma capa protetora para o colchão. Existem muitos produtos e itens que podem ser usados para garantir que o problema seja resolvido rapidamente.

6. Não dê recompensas
Punições não funcionam, porém Alicia diz que as recompensas também não. “Quando as crianças esperam recompensas, elas podem se pressionar e ter um desempenho pior. Incentive seu filho até que ele chegue ao objetivo final”, ela recomenda.

7. Como elogiar
Palavras como “maravilhoso” e “brilhante” podem rapidamente perder o significado. Por isso, Alicia recomenda que os pais usem frases como “Você tem lembrado disso?”. “Elogie o esforço com a intenção de que eles continuem, isso irá motivar a criança e fará com que ela se sinta mais disposta a superar os desafios”, ela conclui.

Leia também:

Estudo prova que enjoos durante a gravidez fazem bem para a saúde

Estudo mostra que as mães amam os filhos tanto quanto os cachorros

Estudo ensina truque para fazer o seu filho dormir melhor