Criança

Pai ajuda filho a enfrentar bullying de uma maneira que ninguém esperava e funciona!

Além de resolver o problema, Aubrey descobriu mais sobre a vida do agressor

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

Hoje os meninos são amigos e o bullying acabou (Foto: Reprodução/ Instagram @illuminaubrey_)

Hoje os meninos são amigos e o bullying acabou (Foto: Reprodução/ Instagram @illuminaubrey_)

*por Rhaisa Gaz Trombini, filha de Edileyne e Geraldo

Aubrey Fontenot mora no Texas e é pai de três crianças. Recentemente, seu filho de 8 anos, Jordan, revelou que estava sofrendo bullying na escola. Ao invés de recorrer à diretora ou aos pais do menino, Aubrey resolveu ele mesmo conversar com o agressor do filho, Tamarion. Ele convidou o menino para dar um passeio de carro e conversar sobre a questão. ele contou toda a história em seu Twitter.

Nesse caminho, Aubrey descobriu que Tamarion também sofria bullying na escola por não ter roupas limpas para usar e estar desabrigado com a família no momento. A declaração chocou o pai, que resolveu fazer uma boa ação. Ele comprou roupas novas para o menino, passeou com ele de carro, rindo, escutando música e divertindo o menino, além  de fez uma